FGV
Analista
Câmara dos Deputados
2023

Quanto à norma culta, assinale a frase integralmente correta.

Comentário rápido

Vejamos a alternativa correta:

Foram doados bastantes livros à biblioteca; os doadores foram o mais desprendidos possível.

Bastantes → pronome indefinido (refere-se à palavra ‘livros’). Se fosse um advérbio, não poderia ser flexionado.

Doadores → concorda com “desprendidos”

Possível → concorda com “o”

Comentário longo

A. A maioria dos candidatos se tem comportado corretamente e, por isso, não têm havido queixas.

  • Erro:
    • Existe aí uma locução verbal: “(…) tem havido queixas”.
    • O verbo haver, nesta locução, é o verbo principal, sendo que o verbo “ter” é seu auxiliar.
    • O verbo “haver” no sentido de “existir” não se flexiona.
    • O verbo “têm”, com acento circunflexo, indica plural (mas não pode ser flexionado, ou seja, ele não poderia estar no plural).
    • Por isso, o correto seria “não tem havido queixas”.

B. A mala que se partiu a alça foi comprada em Paris.

  • Erro: Falta de clareza e má construção.
    • É uma questão que cobra o uso do pronome relativo.
    • Não se usa “que” com valor de posse, mas, sim, “cujo”.
    • A frase sugere que a mala se partiu sozinha, o que torna a construção ambígua.
    • Uma forma mais clara seria “A mala cuja alça se partiu foi comprada em Paris”.

C. Foram doados bastantes livros à biblioteca; os doadores foram o mais desprendidos possível.

  • Correção: Esta frase está gramaticalmente correta.
  • Bastantes → pronome indefinido (refere-se à palavra ‘livros’). Se fosse um advérbio, não poderia ser flexionado.
  • Doadores → concorda com “desprendidos”
  • Possível → concorda com “o”

D. Se os alunos se precavessem, o diretor não teria intervindo para lhes proteger.

  • Parte correta da questão: Uso correto do particípio em “não teria intervindo”. Uso correto do verbo precaver (pretérito imperfeito do subjuntivo) em “se os alunos se precavessem”.
  • Erro: Regência verbal incorreta. O verbo proteger, neste caso, é transitivo direto e pede um objeto direto. O uso do pronome “lhes”, portanto, não é adequado.
    • Frase corrigida: “Se os alunos se precavessem, o diretor não teria intervindo para os proteger.”

E. Devido o atraso, muitos candidatos perderam a prova.

  • Erro: Falta da preposição “a” após “devido”. O correto seria “Devido ao atraso, muitos candidatos perderam a prova”.

Como é conjugado o verbo “intervir”?

Este é um verbo irregular que a FGV adora.

"

Fonte:https://www.conjugacao.com.br/

Intervir principais conjugações-01

Compartilhar esta questão:

Faça sua pré-matrícula:

plugins premium WordPress
>