Tática dos feras: como usar questões para aprender teoria

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

Se você é daqueles que pegam um livro didático ou uma lei e os leem “de cabo a rabo”, você precisa ver este post! Primeiro, porque você perde muito tempo em assuntos que não têm chance alguma de cair em sua prova; segundo, porque você dá a estes o mesmo peso de assuntos importantíssimos, com chances altas de serem cobrados.

Hoje, eu, Carol Alvarenga, vou falar de uma técnica bastante legal, que aprendi em um cursinho, uma vez, e aprimorei para adotá-la em meus estudos. Ela consiste, basicamente, em você pegar questões da banca que aplicará sua prova e procurar a resposta para estas questões em suas leis e seus livros. Para saber mais, veja o tutorial que fiz no vídeo a seguir (caso prefira material escrito, é só continuar lendo).

Com este post, você poderá ver, em vídeo ou na parte escrita, como usar questões para aprender teoria. Isso vai te possibilitar a:

  1. ver o que mais cai na prova;
  2. estudar normativos com mais facilidade;
  3. aumentar a qualidade de sua memorização.

Vídeo com a Tática dos Feras:

 

Se você prefere ler, leia (é o mesmo conteúdo do vídeo):

Abaixo, eu apresento como é a técnica, sem você precisar dar o play no vídeo. Algumas pessoas preferem ler, então eu achei legal colocar a tática dos feras de forma escrita.

 

Não existe fórmula mágica. Existe fórmula técnica.

Obviamente, não existe fórmula mágica para passar em concursos públicos. Você tem que estudar, estudar, estudar muito. Só que existem algumas técnicas que podem te ajudar a melhorar a qualidade do estudo, de maneira que sua memória seja aprimorada, sua leitura fique mais rápida, seus resumos sejam feitos para realmente serem usados, quando precisar rever algum assunto.

 

Vamos ver qual é esta tal “tática dos feras”, então!

Eu digo que esta tática é muito boa para dois tipos de estudo:

  • Estudar atos normativos (leis, decretos, constituições);
  • Estudar detalhes que devem ser memorizados (fórmulas, entendimentos de doutrinas, gráficos).

Imagina só: seu edital cobra pelo menos duas leis diferentes. Cada uma dessas leis tem 100, 150, 200 artigos. E aí você começa a fazer questões e nota que, nas provas, a banca cobra DETALHES dentro daqueles artigos. Bate um desespero, não bate? Você não vai querer estudar todos os artigos. Não vai ter tempo, nem memória suficientes para isso.

A técnica é válida exatamente para este tipo de situação. Para entendê-la, siga os seguintes passos (eles valem ouro!):

Veja o passo a passo da tática dos feras

 

Entendeu? Você deve:

  • selecionar as questões de concurso que satisfaçam aquelas características de que falei (isto é, que sejam sobre leis, decretos, constituições, fórmulas, gráficos etc);
  • procurar, nas leis ou nos livros, a resposta de cada questão;
  • marcar, ao lado do parágrafo do livro, ou do artigo, inciso, alínea, parágrafo do normativo, o nome da banca e o ano de cada questão (dessa maneira, você saberá que aquela parte da teoria cai!);
  • repetir esses passos com todas as questões – e, assim, você saberá o que cai ou não.

“CARACA, CAROL, mas é tão óbvio! Como não pensei nisso antes?” Exato. As coisas mais simples da vida realmente são as que mais importam.

Quando você notar, suas leis estarão com muitos artigos com pouquíssimas anotações e poucos artigos com muitas anotações. Olha só alguns exemplos da minha Lei 8.666/1993, em PDF:

Partes que menos caem ficam totalmente em branco!
Partes que menos caem ficam totalmente em branco!

 

Exemplo da técnica dos feras com a Lei 8.666/1993
Partes da lei ficam totalmente em branco.

 

Exemplo da técnica dos feras com a Lei 8.666/1993
O que mais cai fica super visível.

 

Exemplo da técnica dos feras com a Lei 8.666/1993
Alguns artigos caem muito mais que outros! Veja só este exemplo.

 

Aí vão mais alguns exemplos, dessa vez em alguns dos meus livros:

Idalberto Chiavenato (Gestão de Pessoas) – Tática dos Feras
Em uma página enorme, só um parágrafo realmente caiu em provas.

 

Pedro Lenza (Direito Constitucional Esquematizado) – Tática dos Feras
Mais uma vez, apenas alguns parágrafos caíram em provas. Na hora da revisão, isso vai te ajudar!

Essa tática te mostra sabe o quê? Relevância. Quando você estuda, você deve se perguntar: este conteúdo cai tanto assim para eu dar esse destaque todo a ele? Não seria melhor dar maior relevância a um conteúdo que caia mais?

 

Alguns sites grátis onde você pode encontrar questões

Para encontrar questões e usá-las nesta tática, é muito fácil. Basta você acessar os sites das próprias bancas de concursos e fazer os downloads das provas. Também existem alguns sites que te possibilitam filtrar estas questões, e até mesmo comentam uma questão ou outra. A lista dos que eu indico está a seguir:

  • Questões de concursos (QC): você pode resolver quantas questões quiser, e, de graça, poderá ver até 10 questões comentadas. Uma ótima ferramenta, na minha opinião.
  • Rota dos concursos: trabalha do mesmo jeito que o QC. Uma parte é área livre, outra parte você tem de pagar. Também é muito bom!
  • TEC Concursos: mais uma opção com muitos comentários de professores. Além do sistema de questões, oferece, também, material teórico… só que este aqui não é gratuito!
  • PCI concursos: você pode baixar as provas filtrando por bancas. Um dos sites que mais uso, em meus estudos. É totalmente grátis, para baixar as provas.
  • A Casa das Questões: serviço mais recente que possibilita ver mais de 10 questões por dia. Sugestão da usuária Yasmin (dada nos comentários).
  • Aprova Concursos: o Aprova é um site antigo de preparação, mas fez uma área própria de questões SUPIMPA. Sugestão do Estevao Lobato nos comentários ;)

 

Resumo do que foi visto hoje

Hoje você aprendeu a tática dos concurseiros mais feras que existem. Basicamente, você ficou sabendo o seguinte:

  • não existe fórmula mágica para passar em concursos, mas existem métodos que te ajudam a estudar com maior eficiência;
  • a técnica aqui apresentada é ótima para atos normativos e detalhes que devem ser memorizados;
  • existem quatro passos para você aplicar a tática dos feras: a) fazer a questão; b) procurar a resposta da questão na lei ou no livro; c) anotar o nome da banca e o ano da questão ao lado do artigo da lei ou do parágrafo do livro; e d) repetir os três primeiros passos MUITAS vezes, fazendo várias questões;
  • quando a técnica é aplicada a várias questões, você vai perceber que muito conteúdo não é cobrado na prova.

 

Obrigada por estar comigo, em mais um post. Comente abaixo o que você achou deste artigo! Dê sua sugestão, tire sua dúvida.

Bons estudos, boa sorte, boa vida,

Carol Alvarenga.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×
  • Thiago

    Carol, onde está o vídeo?

    • Thiago, na época que você viu este post, era só um teste. Agora o vídeo está aí ;)

  • Wellington

    Aiii Carol.. adorei o vídeo da tática dos feras, parabéns!
    estou ansioso para os próximos posts.
    bjão!

    • Oi, Leleo! Obrigada por visitar o blog. Ver você por aqui me deixa feliz :)
      Que bom que gostou da tática dos feras. Quando aplicada a muitas questões, ela vai te fazer ficar à frente dos concorrentes.
      Abraços!

  • Adorei o Esquemaria! Conteúdo excelente e super útil! Arrasou! xD

    • Obrigada, Kamilla! Você me ajudou muito, tanto tecnicamente quanto moralmente hehehe. Pois é, a ideia é esta: criar conteúdo realmente útil pra quem tá estudando.

  • Andressa

    Carol, excelente ideia e excelentes dicas! Amei o vídeo e o blog! Saudades de vc! E vamos que vamos!!

    • Andressa! Quanto tempo! Bom saber que você está estudando para concursos ;)
      Obrigada por visitar o Esquemaria. Abraços :)

  • Priscila

    Também cresci em Brazlândia!
    Achei o site a uns meses quando ainda era teste e deixei salvo esperando que fosse realmente lançado.
    Parabéns pela iniciativa…
    Legal ler seu perfil, me identifiquei muito!

    • Priscila, dois amigos de infância meus também vieram de Brazlândia e passaram em excelentes cargos públicos! De Brazlândia para o mundo ahahah.
      Obrigada por ter acompanhado o site desde o super início dele. Continue vindo, porque tem muita coisa pela frente.
      Como agradecimento por você ter sido a primeira pessoa que eu não conheço a comentar no Esquemaria (e também por ter feito um ótimo comentário), passe seu endereço físico para o meu email (carol@esquemaria.com.br) que eu vou te mandar o ótimo livro Direito Administrativo Descomplicado, do Marcelo Alexandrino e Vicente Paulo (se você já tiver esse livro, avise, porque daí eu te mando opções de livros para escolher).
      Continue estudando com fé e sabedoria, que com certeza você chega lá. Abraços, Carol.

  • Ramon

    Simplesmente o melhor blog/site de dicas. Você fala como todos querem ouvir sem pelaras difíceis ou termos rebuscados. Parabéns pela iniciativa.

    Rumo a aprovação!!

    • Ramon, eu não sei como ainda existem professores que ficam falando difícil, por aí. Pra quê? O aluno fica voando. Eu gosto de ser clara em todo texto que escrevo. Obrigada pelo comentário, fiquei muito feliz por saber que você entendeu exatamente o que é o Esquemaria: um blog que simplifica DE VERDADE a vida dos concurseiros ;)
      Continue aparecendo por aqui, porque isso é só o início. Bons estudos. Carol :)

  • Benedito

    Carol, Bom Dia!

    Excelente site é fantástico!!!

  • Agda Oliveira

    Olá Carol!
    Acheiiiii ÓTIMO o site! O melhor de todos que já vi!
    Já tenho minha primeiro dúvida: para quem não conhece o conteúdo, essa tática serve sem dar uma estudada antes?
    Saudades!

    Ah! Vou indicar para todos os meus amigos concurseiros!
    Agda

    • Oi, Agda ;)

      Ótima dúvida. Não é preciso conhecer o conteúdo para aplicar a tática dos feras. Você tem que selecionar bem seu material, pesquisar a bibliografia. Além disso, basta saber qual é o assunto que você vai estudar, e fazer muitas questões daquele assunto.

      Digamos, por exemplo, que você pegue uma questão que diga que manga é roxa. Digamos, também, que você não conhece qual é a cor de manga.
      Então, você vai pegar seu material, vai lá no capítulo sobre frutas e você verá que o livro diz que manga é amarela.

      Daí, você vai sublinhar a parte que diz que manga é amarela e, ao lado, vai colocar o nome da banca onde aquilo caiu.

      Depois que você fizer 100 questões sobre frutas, você terá várias partes marcadas, correto? Precisava você ter um conhecimento prévio sobre frutas para fazer isso? Não! Agora, sim, é hora de ler aquele capítulo, mas apenas as partes que interessam.

      Beleza?

      Também estou com saudades! Obrigada por visitar o site.

      Carol ;)

  • Israel Farias

    Olá, Carol… Esse método parece muito bom para evitar conhecimentos com baixa probabilidade de uso, mas tenho a impressão de que demora pacas para preparar o material… Poderia compartilhar sua experiência pessoal? Quanto tempo levou até estar com o seu material “pronto para usar”?

    PS: Outra coisa bacana, claro, é que a pesquisa/preparação do material já conta como estudo…

    • Oi, Israel :D
      Ótimo questionamento. Leva o mesmo tempo que demoraria para você ler tudo. Quando você faz muitas questões de um tema só, o tema começa a se repetir, então as anotações são basicamente no mesmo capítulo, o que faz você ter menos trabalho.
      A diferença é na quantidade de questões. Estudando normalmente, sem procurar as respostas, você faz menos questões do que o normal. Por exemplo, quando eu estudava a teoria e depois as questões, conseguia fazer, em média, 100 questões por dia. Fazendo com a tática dos feras, esse número caía para 60 questões por dia. Só que o que eu perdia em quantidade eu ganhava bem mais em qualidade ;)
      E sua observação foi ótima: ao pesquisar, você já está estudando :]
      Espero que você consiga adequar, com inteligência, a minha dica aos seus estudos.
      Abraços,
      Carol :D

  • Gabrielli De Carli

    Oi Carol! Adorei essa dica! Vai ser muuito útil para o meu concurso (Oficial de Justiça do TJ-RS)… o tempo entre edital e prova foi mais curto,e o conteúdo beeem mais extenso,então, tudo o que realmente for relevante e pudermos assimilar, será excelente!!! Vou colocar em prática já! Ah, e muito bom o teu blog! Claro e descomplicado! :)

    • Massa, Gabrielli! Que bom que pude te ajudar. Bons estudos para o TJ-RS ;)

  • Michael

    Creio que meus estudos vão render muito mais após essa dica!! Valeu Carol!!

  • Willian

    Nossa que mito você vai ser em guria, olha só tá a nivel do Geração de Valor esse blog em!

  • mariana

    Muito legal a postagem!!!!!!!!!

  • Luiz Flávio

    perfeito obrigado !!!

  • Michelle

    Olá, bom dia!!!
    Estudo pra OAB e gostaria de pedir uma dica sobre estudar por questões de provas anteriores. Tipo, eu estudo por vídeo aulas e principalmente por questões comentadas. Após verirficar a questão, vejo se acertei e etc… Daí faço o seguinte: eu leio a certa, e vejo o porquê da questão estar certa, bem como leio o porquê das demais estarem erradas. Na maioria das vezes, eu ainda me recorro à letra da lei ou a livros doutrinários, sinto que o tempo é pequeno para fazer tudo isso e me sinto também meio que desorganizada por isso estar acontecendo. Dê-me uma dica!!! #HELP

    • Oi, Michelle!

      Você está fazendo do jeito certinho… como as questões são de múltipla escolha, tem que saber por que as outras estão erradas, mesmo.

      Nas questões de atos normativos ou que exigem memorização (acredito que quase todas as da OAB uahauhuahuauhau), use a tática dos feras :D

      Para ser mais rápido (e organizado) o uso da tática dos feras, sugiro que você estude UM assunto por vez, em cada matéria. Dessa maneira, toda vez que você for fazer suas anotações, elas serão, basicamente, nos mesmos capítulos do livro, ou nos mesmos artigos da lei.

      Dessa maneira, você não precisará mudar toda hora de material :}

      Se tiver mais alguma dúvida específica, pode perguntar!

      Boa sorte, seja muito feliz na advocacia :)

      Carol.

  • Giseli Carvalho Da Costa Ferre

    Oi Carol, parabéns pelo site, está ótimo. Adorei a dica dos feras, vou colocá-la em prática hoje mesmo. Estou estudando para Técnico do INSS. No concurso da Caixa estudei só 3 meses, com uma filha de um ano agarrada na minha saia sr, e fui classificada mas não fiquei dentro do número de vagas. Só pela classificação já fiquei super feliz. Agora é passar, passar e passar! Obrigada pelas dicas.

    • Parabéns por ter passado na CEF ;) boa sorte nesta jornada, pra vc e pra sua filha :D

  • Panthro Concurseiro

    Minha cara, já conhecia uma técnica parecida. Agora vou juntar ambas e ver no que dá. Descobri teu site há alguns dias mas todo dia leio um post. Obrgado por dedicar um pouco da sua experiência.

  • Daniels Balboa

    Muito bom em !!! Obrigado por compartilhar !!! Aquele abraço, Carol !!!

  • Janine

    Carol, vc tem a CF em meio físico tb ou conseguiu se adaptar com a on line e suas anotações?

  • Heloísa Lopes

    Qual aplicativo é esse que você usa no ipad? Achei mais intuitivo do que o que eu uso, e gostaria de testar!

  • iAnnotate! É.Muito.Bom.

  • Lucélia

    Oi Carol.
    Estou adorando suas dicas. Foi um achado, pois são tantas coisas para estudar que somente com muita organização,táticas, dicas e muito estudo para conseguirmos. Já estou usando a planilha ciclo de estudos, mas estou com uma dúvida. Se meu ciclo de estudos é de 12 horas e tenho 6 horas de estudo por dia, então termino meu ciclo a cada 2 dias. Parece obvio, mas é só para confirmar. Bjs.

  • Lauro Ângelo

    Carol, sei que a dúvida que tenho não tem nada a ver com a ÓTIMA “técnica dos feras”. Mas, acho :) que você pode não somente “elucidar” esta dúvida, como também apontar dicas para uma melhor maneira ou método de estuda-la. Aí vai! Como devemos estudar os informativos, os Julgamentos e as Súmulas do STF e STJ? Ah, só mais uma dúvida :D ! Estudar Constitucional e Administrativo por materiais “antigos” (ambos do VC e MA de 2012) é “desvantajoso” (embora eu tenha acesso as atualizações seguintes ao ano de lançamento das obras), ou é melhor comprar a edição mais nova de ambas. O que vc indica? Tenho esta dúvida tão somente pelos tópicos e capítulos acrescentados pelo autor que não estão inseridas nessas atualizações. Isso prejudica, ou não? Desde já agradeço!

    • Oi, Lauro! Pode usar a tática dos feras para jurisprudência, também! Assim, você sabe quais súmulas e entendimentos mais caem.
      Não é desvantajoso estudar por estes livros, não. Até 2012, eu usava o MA e VP de 2009. Quando eu percebia alguma alteração, anotava. Mas atenção: eu estou falando destas matérias em específico (Direito Constitucional e Direito Administrativo). Tome cuidado com livros desatualizados de AFO e de Contabilidade.
      Abraços e bons estudos ;)

  • FelipeHildebrando

    Show de bola! Parabéns pela iniciativa!! Vou usar para o Concurso do TCU TFCE!

  • Priscila

    Oi Carol!
    Surgiu uma dúvida…
    Quanto as anotações sobre as questões se uso um livro e a lei seca, anoto nos dois? Estou usando só o livro (que na maioria das vezes repete o artigo que o autor comenta), mas TODOS falam para ler a lei seca….
    Como vc fazia?

    • Oi, Priscila! Leia a lei seca e faça as anotações nela!
      No livro, o autor acaba colocando só uma parte da lei, e na própria lei você pode contextualizar.
      Certinho?! Forte abraço!

  • Willian Sales Souza

    Olá Carol, parabéns por este trabalho que é de muita importância para nós concurseiros..
    Ainda sou iniciante e fico com muitas dúvidas de como estudar melhor, à respeito de melhores livros, entre tantas dúvidas..
    Já fiz alguns concursos, entre eles TRT, IBGE, INSS.. Você poderia me passar algumas dicas de livros (Direitos administrativo, previdenciário, constitucional… e outras áreas também que geralmente caem em concursos) de autores feras pra que eu possa melhorar meus estudos?

    • Oi, Willian! Os livros que usei no TCU estão neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=I2HQq1rSHGs

      Quanto a previdenciário, eu indico a aula do Ali Mohamad Jaha, do Estratégia Concursos. Abraços e bons estudos ;)

      • Willian Sales Souza

        Obrigado Carol!
        Isso com certeza vai me ajudar muuuito..
        Deus a abençoe

  • Marcio

    Carol, com relação a Direito Administrativo você acha necessária a leitura completa do livro do Vicente Paulo e Marcelo Alexandrino?

    • Alguns capítulos precisam de leitura completa, como os de licitações, contratos, processo administrativo etc. Outros capítulos não precisam de leitura completa (por exemplo, atos administrativos: você não precisa saber todos os tipos, alguns são bobos, não caem em prova). Outro capítulo que não precisa ser lido todo: órgãos e agentes públicos!
      Para você mesmo saber o que não ler (e o que ler com alguma repetição), aplique a tática dos feras a mais ou menos 500 questões. Se um capítulo começar a ser usado ao extremo, ele deve ser lido completamente! Para os que não forem tão repetidos assim, continue aplicando a Tática dos Feras, indedeterminadamente ;)
      Abraços!

  • Jessyca

    Oi, Carol! Estou amando o seu site!

    Deixa eu te perguntar uma coisa: você acha que com essa técnica eu consigo começar a estudar hoje pro TCU e ter chances de passar? Eu sou pne, então minha nota não precisa ser tãaao alta assim…

    Decidi por esses dias que quero trabalhar no TCU, e não sei se coloco minhas esperanças todas no próximo concurso ou deixo para depois..

    Ah! E de quanto em quanto tempo sai concurso para tec adm?

    Obrigada e parabéns pelo site!

  • Mesmo se você concorresse às vagas gerais eu diria que você tem chances, Jessyca. O ideal é estudar por algum tempo (5, 6 meses), mas há histórias de pessoas que estudaram 2, 3 meses e passaram. Basta se dedicar ao máximo ;)
    Bons estudos! Carol.

    • Jessyca

      Obrigada, Carol!

  • Josiane

    Oi, Carol! Foi muito bom encontrar um site tão informativo como o seu. Com certeza muitas dúvidas foram esclarecidas. E se eu já tinha vontade de trabalhar no TCU, imagine agora. Fiz o download das tabelas que vc postou e adaptei ao meu estilo e acho que ficou muito bom, pois tem me ajudado bastante, principalmente a ter um controle do meu horário. Só queria saber se entendi direito a “tática dos feras”. Eu posso apenas selecionar várias questões, mesmo sem ter visto a teoria, e utilizar essa tática pra estudar? É isso mesmo? Obrigada.

    • É possível estudar diretamente com a Tática dos Feras, Josi! Mas eu realmente indico para conteúdos que exigem memorização, como atos normativos e teorias específicas. Quando o conteúdo é mais didático, ou quando exige raciocínio, aí não compensa aplicar a tática dos feras (tipo pra português, matemática ou raciocínio lógico).
      E isso também depende do seu material. Os atos normativos caem muito, então, sem dúvidas, a Tática funciona para eles. Agora, quando você pega uma vídeo-aula ou uma aula em PDF, o conteúdo que o professor te passa geralmente é TODO importante. Nesses casos, você só vai COMPLETAR seus estudos com a Tática dos Feras.

  • Cátia

    Olá Carol!
    Conheci seu site há aproximadamente um mês e já comecei a ver os concursos públicos com outros olhos!!! Adoro ler seus artigos e é incrível como os mapas mentais facilitam nosso entendimento. Parabéns pela bela iniciativa e obrigada por compartilhar conteúdos de qualidade e principalmente por tantas informações valiosas. Abraços, Cátia.

    • Obrigada, Cátia :)
      Os mapas mentais daqui são legais, né? E eles são ótimos para revisões futuras.
      ;)
      Abraços!

  • André Bastos

    Carol, preciso de uma dica sua. Estou inscrito no Esquemaria, só p constar (p saber q n apareci do nada rs)
    Eu passei a estudar pela “tática dos feras”. Muito boa. Fazia algo parecido, porém incompleto.
    O
    lance é o seguinte: eu achei um “coaching” de um determinado professor.
    Esse “coaching” é para o cargo de Auditor do TCU, que exige um conhecimento
    bem mais abrangente do que o de Técnico.
    Ele
    ensina a fazer um levantamento dos assuntos de cada disciplina que mais
    caem. Assim, a ideia é focar no que mais cai (mais importante) e deixar
    mais de lado o que não cai ou o que menos cai.
    Por
    exemplo: digamos que os últimos concursos de Técnico do TCU cobraram
    “conjunções”. Sendo assim, a chance de vir “conjunções” de novo é quase
    100%.
    A dica então é estudar conjunções.
    Então
    é só fazer isso para todos os assuntos de todas as matérias. A minha
    dúvida é se só a tática dos feras já seria suficiente ou se eu
    acrescento essa dica do “coaching” também.
    E
    o outro lance também é o seguinte: qdo uso a tática dos feras e anoto
    no livro que determinado trecho foi cobrado em tal questão de tal banca,
    devo estudar todo o assunto que foi cobrado ou somente aquela parte
    específica (pro exemplo: cobraram licitação dispensada – estudo tudo sobre dispensa e inexigibilidade ou só licitação dispensada)?
    Aguardo resposta. Valeu.

    • Vamos começar do final: quando utilizar a Tática dos Feras em normativos, estude mais o que mais caiu! E menos (ou até nada, dependendo da quantidade de anotações por perto) o que menos caiu.
      Quanto à técnica do seu coach, ela é muito boa, mas, para você mesmo não precisar fazer tanta divisão, utilize algum site de questões, para isso. Lá eles mesmos têm a quantidade de questões que mais caíram para determinada banca. Eu gosto do Rota dos Concursos e do Questões de Concursos, mas existem vários sites do tipo, aí fica a seu critério :)

  • Manu

    Carol, você é sensacional! Jovem, inteligente, descolada e super organizada e disposta. Pessoas como você fazem a diferença no mundo, muito obrigada.

    Então, eu gostaria de pedir uma ajuda ( se não for demais hihi). Quero me preparar para o concurso do TCU e estou com dúvidas quanto à bibliografia

    Em AFO, você acha que materiais de 2010 já estão desatualizados? Utilizando somente o livro do Giacomoni consigo suprir a matéria para o concurso de TEFC? Por último, tive contato com um livro que achei muito bom e de fácil compreensão mas nunca ouvi ninguém indicar ele – Administração Financeira e Orçamentária para concursos do Cespe, de Jorge Porcaro e Reynaldo Lopes – você conhece?

    Em Administrativo, pensei em utilizar o livro do Lucas Rocha Furtado, ele já foi procurador geral do MP junto ao TCU… Devido à essa experiência dentro do próprio órgão e por ele já ter sido meu professor, pensei em utilizar o livro dele, mas depois de te conhecer (guru Carol), preciso da sua opinião primeiro para me decidir hahaha Você conhece? Indica?

    Muito Obrigada mais uma vez, desculpa pela lenga lenga enooorme hahaha

    beijoss

    • Manu, eu jurava que já tinha te respondido! Hehehe… que estranho!
      Obrigada pelo “descolada” :)
      Em AFO, é bom ter um material de 2012 pra cá! Outras matérias não precisam de tanta atualização, mas em AFO compensa pegar algo mais novo, até porque é a matéria mais importante para TFCE.
      Não conheço esse livro, do Jorge e do Reynaldo… fiquei curiosa, inclusive! Você já tem, né? Tem gostado? Quem sabe, se eu o vir por aí, eu não compre, para dizer minha opinião? hehe…
      O Lucas Rocha saca muito de DAD e licitações e contratos, mas os livros deles não são voltados para concurseiros. Se você gostar da didática dele, bem. Se preferir algo mais “concursístico”, vá de MA e VP, mesmo.
      E é isso aí! Espero que minha resposta tenha te ajudado :)
      Abraços,
      Carol.

      • Manu

        Muito obrigada Carol,
        Eu tenho o livro sim, a linguagem é muito fácil e acessível, compreendo bem quando leio mas tenho medo de não ser o suficiente para a prova.

        Acho que vou ficar com o Lucas mesmo, no livro dele ele dá muitos exemplos envolvendo o TCU e o meu foco não são apenas os concursos, também faço faculdade de direito =)

        mais uma pergunta: você aconselharia estudar pelo Manual de Licitações e Contratos do TC? lembrando que vou prestar o concurso para técnico.

        Valeu!
        Beijos

        • Ah, tá tranquilo! Que bom ;)
          Sim, este é um assunto muito importante, e pegar direto da fonte é melhor ainda!
          Complemente com questões, ok?
          Abraços!

  • Carol Lacerda

    Carol, obrigada pelas dicas. Quando for aprovada irei na sua sala levar um presentinho pois você tem me ajudado bastante rsrs beijoos.

    • Obrigada, Carol! Já venha preparada no mínimo pra me dar um depoimento sobre sua aprovação, hein, que eu vou pedir! :)
      Bjs!

  • @Concursando123

    Caramba Carol, PARABÉNS pelo site, já favoritei no meu browser … Suas dicas são demais, o conteúdo é excelente e fico impressionado com sua generosidade em compartilhar tudo isso. Você tem facilitado muito minha vida (e de muitos concurseiros tbm, creio eu). Mas saiba que “quem divide, Deus multiplica”… que Ele te abençoe mais e mais.
    Estou me preparando para o concurso para técnico TCU 2014, e vou começar aplicar esta tática jáaaa!

    Bjs

  • Muito obrigada ;)

  • Bruno Marques

    Acho que já vi esse video umas 10 vezes para pegar cada detalhe esse é o segundo grande video no youtube que vejo que realmente funciona faço questão de compartilhar com meus colegas pois a tática é federal !!!

    • Que bom, Bruno! Eu coloquei minha alma, neste vídeo, assim como faço com tudo o que produzo, no Esquemaria.
      Abraços :)

  • Adriana

    Oi Carol
    Conhecendo hoje seu blog e querendo tipo assim ler tuuudo em um dia rs…Ontem mesmo fiz uma planilha de estudos mas no método “errado” do excel..segunda portugues+redação…terça direito adm+const e assim vai…hoje achei seu blog e nooooosssaaa abriu minha mente! Trabalho 8 horas por dia e tenho só 5…6 horas de estudo..comecei a estudar em Abril deste ano e me sinto perdida sabe…agora mesmo meu dilema é se continuo em um cursinho presencial q paguei todinho já ou se fico no online…que é um nivel melhor que o presencial..mas enfim. Minha dúvida é sobre livros..é melhor estudar por livros?? Vejo todo mundo estudando por manual adm..manual constitucional..constituição comentada e lá vai…agora mesmo quero tentar um concurso que tem direito e processo penal e civil…nunca vi esta materia na minha vida…Afo então…”afiiiii”…não sei o que devo fazer..comprar livros..estudar por apostila..por pdf do curso….Gostaria de pedir opiniões sobre o assunto. Muito obrigada por tudo!!! Bjs Adri

    • Oi, Adri!
      5h a 6h de estudo é muita hora! hehehe. Tá ótimo.
      Ah, eu sempre bato nesta tecla: os cursos online estão dando uma lavada na didática tradicional. Em todos os sentidos (tempo, qualidade, preço…).
      Não se encha de material. Procure OS MELHORES e siga por uma linha. Material, hoje, existe aos montes, para concursos públicos. A melhor estratégia é escolher a dedo, porque existe muita coisa ruim por aí. Em alguns casos, é melhor usar livro, em outros casos, aulas em PDF e, ainda, aulas em vídeo e até normativos, como você falou. A tendência, hoje, é pegar o melhor de cada coisa.
      Agora: como saber o que é melhor? Pesquisando. Pesquise em fóruns, sites, blogs… é melhor fazer dois ou três dias de pesquisa, agora, para não se arrepender por ter comprado material ruim.
      :)
      Abraços!

      • Adriana

        Vc respondeuuu!!!! Nossa isso é raro hj em dia..alguem que realmente quer ajudar e tira um tempo para as pessoas…muito obrigada!!
        Flor no meu concurso cai muita coisa de Administração (Geral..Pública..Gestão de Pesssoas) você tem algum livro nessa área que pode me ajudar?? Tenho a impressão que vc lê chiavenato, mas ele não é muito complexo para concursos?? Qual vc lê por favor! Vou seguir seu conselho do manual descomplicado do direito administrativo..estava pensando em comprar outros manuais…inclusive a Constituição Federal esquematizada..mas não sei se tenho tempo para ler..se vale a pena..sem contar o custo… Bjsss obrigada por responder! Adri

        • Respondi hahaha!
          Administração geral eu já usei Chiavenato, sim. Tenho três livros dele (o de GP, o de Geral e o de Geral e Pública). Desses, confesso que o único legal voltado para concursos públicos é o de Geral e Pública, da Elsevier. Ele não é complexo, não, aliás, ele é bem didático.
          Só que eu não ficaria só nos livros, em Administração Geral, não. Na verdade, os livros são só para complementar, porque o melhor jeito de estudar AGE é com aulas em PDF voltadas para o seu concurso.
          Gestão de pessoas eu também comprei muitos livros. O que mais gostei foi o da Andréia Ribas. Se os Rocha/Duran tivessem continuado com a série, seria a minha principal indicação, mas eles desistiram no vol. II hehehe…
          Eu não gosto de constituição comentada… tenho uma intocada, lá em casa. Em normativos, prefiro aplicar a Tática dos Feras :)
          Abraços e bons estudos,
          Carol.

  • Rannia

    Oi Carol! Acabei de “conhecê-la” através de um grupo no facebook e estou adorando conhecer um pouco mais do seu universo. Bom, é o seguinte: tenho 29 anos e anseio pela estabilidade. Tenho um filho de 5 anos e tive dois bons empregos no últimos 10 anos, porém em órgãos privados. Tenho muita facilidade com a língua portuguesa, cursei Direito por um tempo e atualmente estou no curso de Letras após algumas mudanças no direcionamento de carreira. Enfim, após alguns aprendizados advindos de decisões errôneas, decidi firmemente em focar em algum concurso. A princípio, analisei o INSS, que pelo salário razoável, possibilidade de locação em MG e maior número de vagas, seria relativamente mais fácil. Entretanto, ao ler, ler e ler, deparei-me com o TCU e gostei bastante. A questão é: tenho muita facilidade de aprendizado em qualquer disciplina, mas pelo que tenho analisado, o conteúdo me parece bem complexo. Tenho quatro meses de preparação integral pela frente e gostaria da sua opinião referente à facilidade de aprendizado X disciplinas inéditas X tempo de estudo. Sinceramente, acredita haver a possibilidade de aprovação? Desde já agradeço a atenção e parabéns pela iniciativa do site. Abraços!

    • Oi, Rannia! Welcome!
      Bem… muitos concurseiros saíram do ZERO e passaram em alguns meses de estudos. A ordem certa é: aprender COMO estudar –> estudar!

      Então, se você tá saindo do zero e quer passar rápido, veja algumas entrevistas de aprovados que já passaram em seu concurso dos sonhos! A internet tá cheia delas! ;)
      Espero que os posts do Esquemaria possam te ajudar, nesse início ;)

  • Fernando H

    Carol,
    Acho que como a grande maioria das pessoas que estão conhecendo o seu site, fui abrindo os posts que achei interessante em novas guias e acabei ficando com umas 10 guias abertas aqui haha
    O conteúdo e a formatação são sensacionais, tudo muito bem feito e relevante. Sei como dá trabalho formatar todo o post, criar e editar as imagens, mas posso te dizer que realmente faz uma grande diferença. Você está de parabéns pela inteligência, bom humor e por compartilhar seu conhecimento.
    Estou aguardando a CEF me convocar, mas já vou começar os estudos para concursos maiores e espero um dia participar do Esquemaria agradecendo pelo conteúdo e pelas dicas.
    Desejo tudo de bom pra você e muito sucesso!

    • HAHAHAH que legal, que bom, Fernando!
      Obrigada pelos elogios. Eu faço cada post com um respeito tremendo por quem está aí do outro lado! A gente sabe que não é fácil esse processo de passar em concursos públicos, então é uma responsabilidade enorme estar aqui passando este conteúdo para vocês.
      Parabéns pela aprovação na CEF! Eu espero te ver aqui, assim que você passar no concurso dos seus sonhos.
      Bons estudos!

  • Carlos Mendonça

    Carol, iniciei minha caminhada pelo seu site, e estou impressionado com a variedade de conteúdo disponibilizado. Obrigado pela sua dedicação, pelo seu empenho, e que todo o seu esforço, retorne como conquistas dentro de sua trajetória pública e pessoal. Um grande abraço.
    Ps: estarei usufruindo destes materiais.

  • Paulo Miranda

    Oi Carol, tudo bom? Bem, hoje é dia 19/08/2014, momento em que estava estudando PROCESSO DO TRABALHO mas que não estava conseguindo me concentrar porque pensei se estava estudando de forma incorreta. Bom, até em momentos de desespero nós conhecemos pessoas novas, prazer!! kkk Vi seu vídeo só hj 3 vezes para ver se não tinha esquecido nada, bom acho que não esqueci, na verdade, já tinha pensado nessa metodologia de estudo mas, como nunca vi ninguém usando, não sabia de funcionava de verdade, mas aqui está vc pra comprovar que funciona. Então, vc me ajuda? Estou nessa caminhada tem um pouco de tempo, que parece não acabar nunca, mas ainda estou aqui “firme e forte” maaais ou meeenos, tenho base em algumas matérias como administrativo, constitucional e português, na verdade, quando eu estudava para o CESPE/UNB eu achava que mandava muito bem em português, até encontrar a FCC!! kkk Voltei ao ZERO, em resumo hj meu edital ele cai – PORT, INFOR, ADM., CONST., DIREITO DO TRAB E PROC. DO TRAB. E EM ALGUNS TRT’S ELES ADOTAM ADM. PÚBLICA – mas como ficar na teoria me tira muito o tempo, nessas 5 últimas matérias posso adotar a técnica de estudo por questões? Desculpa por enrolar, mas nessa vida solitária quando abre uma brecha, parece que estamos escrevendo num diário. Por fim, parabéns pelo projeto, muitas felicidades na sua vida pessoal, funcional e que vc possar continuar sendo essa pessoa solidária e de bem com a vida!!!

    • Valeu, Paulo!
      A técnica é ótima para processo do trabalho! Geralmente, é uma técnica muito boa para essas coisas que exigem memorização, então serve para muita coisa, principalmente para atos normativos.
      Para as matérias que falei, não gosto de aplicar a Tática a português e informática, mas É POSSÍVEL. Para APU e demais direitos, eu aplico sem dó. De qualquer maneira, em TODAS as suas matérias é importante fazer MUITOS exercícios, sejam eles antes ou depois de estudar a teoria.
      :D
      Abraços ;)

  • Obrigada, Carlos! :)
    Faça bom uso de tudo o que puder!

    Abraços!

  • Mara

    Eu já meio que fazia isso sem saber, mas de uma forma mais lenta, digamos, rsrs, agora vou otimizar! Outras duas coisas, Carol: depois que saiu o edital, quantas horas por dia você estudava? Sei que cada um tem seu ritmo e seus horários, acho que é mais curiosidade. E vc estudava aos domingos? Eu tenho sérios problemas em estudar aos finais de semana. Mas sei que como trabalho 8h, preciso usá-los para otimizar meu tempo.
    Obrigada e aquele abraço! :)

    • Legal, Mara! Eu estudava entre 4h e 6h por dia, depois do edital ;)

  • katia

    VC disse que fez Pós em Gestão Pública, mas ela não é cobrada no TCU (técnico) certo?

    • Oi, Kátia! Não, nos últimos editais isso não foi cobrado. Enquanto ainda não saiu o edital, estude o que caiu nos últimos 2 editais! ;)

  • Bruno Marques

    Poxa eu estava lá no grupo Corujas Alfartanas no face aliás foi lá que eu descobri o Esquemaria, esse video da Tática dos Feras foi postado lá no começo do mês por uma concurseira e eu estava fuçando lá hoje e vi seu video nem sabia que ele tinha dado tanta repercussão no grupo e eu não havia visto rsrs o grupo é formado por maioria alunos do Alfacon pois esse video é uma obra prima Carol e os concurseiros adoram videos não tem jeito rsrsr abraços !!

    • Legal! Bom saber :)
      Corujas Alfartanas é um grupos de concurseiros?

      • Bruno Marques

        Oii Carol tudo bem então é sim um grupo de concurseiros criados uns 90% por alunos do Alfacon on line aliás foi lá que eu descobri o Esquemaria e cheguei até tu rs o dono do curso e professor do Alfacon também adora colocar técnicas de estudo, como estudar para concursos, grades e motivação nas aulas e aulões mas ele faz isso só no blog dele é por isso que o video da Tática dos Feras chamou atenção deles então eu aproveitei o embalo e fiz a mesma coisa divulguei em vários grupos o seu trabalho para que todos tenham acesso as suas obras de arte eu tenho vários fakes no facebook então não estou nem um pouco preocupado se o dono do grupo me excluir é porque tem muitos grupos que não aceitam propaganda agora se a pessoa ler primeiro ele verá que é uma dica e esquema de estudo e não propaganda né acho que tudo é válido para passar em um concurso né Carol bom é isso beijosss !!!

        • Hahahah! Uau! Obrigada, Bruno!
          Legal saber que já estão falando livremente sobre o site, pela internet! São só 4 meses de vida e já está bem visitado ;)
          Valeu :)

          • Bruno Marques

            é como cantava Freddie Mercury vocalista da banda Queen o nome da música era O Show Deve Continuar – The Show Must Go On que o blog continue ajudando muitas pessoas com seus esquemas e dicas sempre !!! Para finalizar eu já li quase tudo que vc escreve Carol reparei que vc gosta de contar historinhas como exemplificação de um assunto relacionado vc me lembra a professora de Processo do Trabalho Aryanna Manfredini eu já assisti há vários cursos dela e ela está toda hora contando histórinhas nas aulas acho isso show de bol pois torna a aula mais divertida parece brincadeira mas uma aula com uma matéria chata pra caramba acaba ficando interessante eu nunca vi ninguém criticando ela por isso então percebe-se que a maioria se diverte mesmo continue assim Carol pois eu acho suas histórias um máximo abraço !!

          • Valeu, Bruno!
            Sim, contar histórias ajuda no entendimento ;)

  • João Carlos

    Oi Carol,

    Tudo bom? Eu li seu post e assisti seu vídeo no youtube e com certeza fiz a inscrição no seu site que possui muito conteúdo interessante para quem estuda para concursos. Parabéns pela sua iniciativa de ajudar a todos que almejam uma aprovação em concurso público, com certeza vc vai ser muito recompensada por isso!! ;) Carol, eu comecei a aplicar a sua técnica de estudo e percebi um diferencial, minha CF em algumas partes está cheio de balõezinhos em alguns artigos, só que a minha dúvida é, como vc utilizava essa técnica? Vc só lia as questões e anotava a banca nos materiais, pq a minha banca é a FCC, e por conter enunciados longos eu perco tempo analisando cada alternativa, entende? Eu estou achando muito produtivo isso tudo, eu faço menos questões mas consigo perceber o que a banca costuma cobrar. A única coisa que eu queria saber é, como era o seu método, vc imprimia uma lista de questões pra resolver, lia direto no computador e fazia as anotações?? E se era normal vc demorar de uma questão para outra pelo fato de ter que pesquisar as questões nos materiais. Desculpa me prolongar, mas é que eu fiquei mesmo com essa dúvida e queria uma ajuda sua, espero não ter incomodado, felicidades pra vc e tudo de bom!!!

    **** Só mais uma coisa, qual era seu critério de revisão? Por exemplo, vc respondia 20 questões, dps passava para um novo tópico e mais 20, quando acabava todos os tópicos vc voltava ao primeiro?

    • Oi, João!
      Eu colocava as minhas revisões dentro do próprio ciclo, algumas semanas antes das provas. Praticamente revisava o que estava marcado e o que estava como mapa mental.
      Sim, demorava um pouco para eu fazer as questões que eu aplicava ao método, mas, para ficar mais rápido, eu resolvia por assunto (assim, não tinha que me deslocar toda hora). Geralmente demora mais quando você pega uma prova, por exemplo, pra tentar aplicar a Tática. Isso é muito improdutivo! A Tática serve para simplificar, não para dificultar!
      :)

  • Bruno Marques

    Carol estou com dúvida em relação a essa tática o que interessa é somente sobre a banca se ela está cobrando o assunto e o ano ou vc filtra o que a banca cobra para nível médio , nível superior e magistratura por exemplo eu achei uma questão de um tópico AAA feita pela banca XXX mas só que a questão é para juiz e de 2014 achei 10 questões sobre o tópico AAA todas para juiz , mas não tem nenhuma questão para nível médio e ai eu marco no livro no tópico AAA as questões e o ano ou eu descarto por não haver a questão para nível médio ??? me compliquei rsrsr mas o que é o mais correto fazer, Obrigado pela atenção !!

    • Se a sua banca é Cespe, coloque um filtro: em “modalidade”, escolha “certo/errado” ;)

      • Concurseiro Bruno

        Não é o Cespe, é a banca Vunesp infelizmente essa banca não tem tantas questões de atos normativos tem mais questões para juiz do que para nível médio uma pena, obrigado pela atenção abraço !!

        • Ahhh sim!
          Então complemente com questões de outras bancas, ok? Principalmente Cesgranrio e FCC.

          • Concurseiro Bruno

            É verdade Vunesp, Cesgranrio e FCC cobram questões parecidas com texto de lei o que uma faz as outras fazem também (menos o Cespe rs) eu não tinha pensado nisso rs, obrigado pela dica Carol um abraço !!!

          • ;)

  • kamylla

    Olá Carol,
    Bom, eu ainda não terminei o ensino médio mais já quero começar a me preparar para o próximo concurso que provavelmente será em 2016, ultimamente eu tenho lido sobre o TCU e o trabalho do técnico em si, o problema é que eu não tenho noção do que estudar e por onde começar, você pode me da umas dicas específicas?
    Desde já agradeço..

  • André

    Olá Carol,
    Não entendi uma coisa na marcação que você mostrou no post. Nessa questão abaixo, por exemplo, que envolve dois artigos diferentes em sua resposta, aonde eu colocaria a indicação ” Cespe, 2012″? No Art 4° ou 3°?

    (CESPE – 2012 – MP – Analista de Infraestrutura) São fundamentos da

    República Federativa do Brasil a soberania, a cidadania, a dignidade da pessoa

    humana e a autodeterminação dos povos.

    Obrigado.

  • Elvis Cordeiro

    Carol, você é 10!

    Sucinta, mas
    direta ao ponto.

    Todos esses comentários e qualificações positivas a
    sua pessoa demonstram o reconhecimento pelo belíssimo trabalho que vem fazendo
    com o Esquemaria.com.br.

    Aliás, vc é MIL.

    Parabéns.

  • Valeu, Elvis!
    Eu gosto de ir direto ao ponto, nos estudos ;)
    Abraços :)

  • Raiane

    Oi Carol, eu acabei de assistir o vídeo e achei muito massa essa técnica, até porque sou dessas que passam o dia lendo e só vão fazer questões no final, então talvez isso dinamize meus estudos!
    O que também achei muito top foi ver que você estuda por pdf no iPad e nele mesmo faz anotações, muito bom primeiro porque o iPad é bem mais leve de carregar que um imenso vade Mecum, e segundo que tem mais espaço pra essas anotações! Por isso fiquei mega curiosa, que aplicativo é esse que você usa pra riscar o pdf? Adorei a idéia,
    Obrigada desde já, quando eu passar venho aqui te avisar xD

    • Massa, Raiane!
      Realmente, bem melhor que um Vade Mecum hehe!
      Até porque no seu iPad você pode atualizar as leis que te interessam.
      O app que utilizo é o iAnnotate. É muito bom! Fiz uma pesquisa enorme, até chegar a este app. Indico sem dó! :)

  • Alexey Ribeiro

    Carol Bom dia!! Bom usando essa tática eu me complico na hora de revisar a matéria,diferente de quando se faz resumos/anotações que dai vc tem ali numa folha e fica mais fácil ler por exemplo no sábado. Como posso revisar usando a tática dos feras sem precisar fazer resumos e com isso demorar pra andar pelas matérias ?

    • Oi, Alexey!
      Eu não fazia resumos. Algumas fichas de estudo (mapas mentais) apareciam, de vez em quando, mas não na aplicação da tática dos feras!
      A tática dos feras não é para tudo, mas para assuntos que exigem memorização, principalmente os atos normativos.
      Nesse caso, você vai revisar o que estiver com MUITAS anotações com o nome da banca! :)
      Abraços!
      P. S.: como vão os estudos para o TCU? Tá tudo tranquilo? I hope so!

      • Alexey Ribeiro

        Obrigado Carol pela resposta. Essa tática dos Feras foi um achado o rsrsrs. O estudo pro TCU ta firme e forte,pegando rítimo,TCU já faz parte do meu dia a dia rsrsr.

  • Daniel

    Oi Carol!
    Parabéns pelo seu trabalho em ajudar o mundo concursístico hehehe
    Só uma coisa: que program é esse de PDF que vc pode marcar as partes importantes e escrever sobre ele?

    Valeu!!!!

  • jorgeana

    Carol, estou com dificuldades para organizar as revisões a serem feitas. Qual devem vir primeiro ? Qual já fiz ? Beijos.

    • Oi, Jorgeana ;)
      Existe um modo bem profundo de organizar as revisões: monte um diário. Assim, se daqui a uma semana ou se daqui a um mês você quiser revisar o dia “X”, você vai saber o que estudou nesse dia X ;)

      • Jorgeana

        Carol, tenho uma dúvida quanto à Tática dos Feras. Se eu devo selecionar somente questões para o mesmo cargo e/ou órgão/instituição no qualquero trabalhar, ou não; devo me ater ao assunto e à banca. Ex. estou me preparando para o INSS e a Lei8112/90, cai em outros concursos, como TRF. Posso pegar questões sobre esta Lei que a FCC cobrou neste certame ? Vale à pena citar que não sabemos se a banca para o concurso INSS será a FCC.

        • Oi, Jorgeana! Faça questões de outros concursos dessa mesma banca, também. Quase nunca há questões suficientes de um mesmo concurso. Às vezes, é necessário você completar com exercícios de outras bancas, também. Abraços! :)

  • Junior Rodrigues

    Ola Carol, tudo bom?
    entao, comecei o seus dois metodos hoje: o de Ciclos, e dentro dele eu inseri essa Tática dos Feras. Voce acha uma boa ? Ah, e tenho outra duvida tambem: Na Tática dos Feras eu seleciono qual formato das questoes? multiplica escolha ou certo-errado?
    Valeu.
    Estou investindo totalmente nesses dois metodos. (esse é meu primeiro concurso publico rs)
    abraco.

    • Oi, Junior! Pode utilizar os dois tipos… mesmo que a sua banca seja múltipla escolha, às vezes é melhor, para uma maior organização de estudos, considerar cada alternativa como uma questão diferente ;)
      Abraços! Boa sorte nessa sua nova jornada ;)

      • Junior Rodrigues

        Surgiu outra duvida: da parte (resposta) grifada no meu material de estudo, devo estudar todo o paragrafo ou somente o que grifei?

        • Depende, Junior! Se precisar de contexto, tem que ler o parágrafo todo, talvez até alguns parágrafos anteriores, mas, se não precisar de contexto, só o que está grifado é suficiente :)

  • Victor

    Oi Carol, gostei muito da sua forma de se expressar. Tenho uma dúvida.
    Com tanta oferta de material digital para concursos, você acha necessária a utilização de livros?
    Por exemplo, tenho muitas apostilas de Dir Adm para o TCU, Senado, RF. Seria importante eu ter o livro de Dir Adm do VP e MA?

    Obrigado e parabéns!

    • Obrigada, Victor!
      Às vezes vale a pena comprar livros, sim ;)
      O livro do VP e MA de direito administrativo é ESSENCIAL! :D

  • Junior

    Carol, veja se estou na ordem certa:
    Primeiro faço as questões marcando as bancas e o ano, depois que já tiver resolvidos umas 100 ou mais questões eu estudo o capítulo com os assuntos mais grifados ?

    • Às vezes é melhor você ler a teoria antes, Junior! Tudo é uma questão de “feeling”. Isso você adquire conforme aplica a Tática dos Feras :)

      • Junior Rodrigues

        e teria alguma forma de eu aplicar o Método das Fichas na Tática dos Feras? Estou estudando pra INSS e como é muito assunto eu estou tentando mesclar um metodo no outro pra ter um resultado melhor na memorização dos assuntos.

        • Em algumas partes das leis, você vai sim sentir a necessidade de fazer mapas mentais… Uma de minhas alunas gosta de colocar nas próprias fichas o nome da banca, para mostrar que caiu em um concurso. É uma boa saída, por que não? Lembre-se sempre que você pode aperfeiçoar as técnicas a seu modo de estudar ;)
          Mas sempre tente manter tudo muito simples!
          :)

  • Bruna Araújo Dos Santos

    Oi Carol, tudo bem?? Bom, descobri seu site e estou amando. Parabéns pelo excelente trabalho e ajuda que vc dá a todos os concurseiros!! Que Deus a ilumine sempre e cada vez mais! Bom.. Gostaria de saber se vc pode me dar uma luz acerca de onde achar modelo para elaboração de relatório técnico para o concurso do TCU, uma vez que no último, a peça técnica foi justamente aquele expediente. Desde já fico imensamente agradecida. Um forte abraço de nova admiradora!

  • Milena Fadul

    Nossa Carol… Vc é mto top! Obrigada ;)

  • Taiana

    Carol, para Licitações e Contratos, Processo e Atos Adm., você aplicou a Tática apenas na lei seca ou no livro do VP e MA ? Estou com dó de riscar meu livro rs.

  • Junior Rodrigues

    Carol, preciso urgentemente da sua ajuda.
    Tem 1 mês que fujo da matéria de Raciocínio lógico. Me dá até dor de cabeça estuda-la. Decidi encarar e aprender de uma vez, sendo que quero saber se posso aplicar a Tática dos Feras nessa matéria. Estou estudando com base na ultima banca organizadora é a FCC, e na ultima prova só foram 3 questões de RL ( lógica de argumentação e raciocínio matemático). Devo então estudar exercícios só sobre esses dois assuntos ou você acha muito arriscado?
    Estou perdido nessa matéria :(

  • ícaro

    Carol, gostaria de saber como vc fez pra estudar Portugues…eu tenho um desempenho razoável em outras bancas, mas nas provas cespe perco muitos pontos pq erro quase a metade aí perco td de portugues…. aguardo resposta

  • Taiana, é uma delícia riscar livros! Se você visse os meus… parece até que eu estudei! Hahahahah… não tenha dó de rabiscar livros didáticos… eles não são de literatura!
    E sim, eu usava a tática nos livros, também ;)
    Abraços!

  • Junior, Raciocínio Lógico é uma matéria a se aprender com calma. Entenda que nem o Jack Estripador: por partes! E só vá para a próxima parte antes de entender, de verdade, a anterior. A Tática dos Feras não é tão relevante quando se trata de RLQ. A Tática é melhor para matérias de direito (administrativo, constitucional, financeiro) e menos importante para matérias que exigem raciocínio (matemática, RLQ, português, contabilidade), porque aí não é de quantidade de vezes que caiu, mas por como você consegue raciocinar melhor.
    Abraços! :)

  • Oi, Ícaro!
    Português é matéria de raciocínio e, como toda matéria de raciocínio, eu sempre digo: no início, estude por partes! Não é uma matéria ideal para se aplicar a tática dos feras. Ok?! :)
    Abraços!

  • Thiago Barros

    Carol, parabéns pelo site/bloq, estou gostando muito.
    A respeito da tática dos feras, gostaria de saber se estaria correto se eu adotar essa tática de cara ou seria necessário dar uma lida em toda teoria antes, e só depois utilizar essa tática como forma de memorização e consolidação aprendizado?

    Estou estudando para auditor do TCU, especialização em TI.

  • Ju

    Carol.

    Primeiramente parabens pelo site! Mudou minha vida! rs

    Bem…restou uma duvida quanto à tática…

    Por exemplo…fui no QC ai fiz uma questão sei la…da Cespe de licitação do ano de 2013 de um orgão x….ai blz…coloco la o balãozinho show com “CESPE-2013″…ai vou seguindo…o que fazer se quando eu foi para por exemplo o Rota e tiver um assunto da banca que será meu concurso mas que não é do órgão que farei…(nem sei se tem mas a titulo de exemplo)…tipo uma questão de uma prefeitura X da cespe 2013….o que coloco no balãozinho ou não coloco nada?

    E como no futuro identificar nos balões a que orgão em questão estava direcionado? Isso não fica meio confuso depois de sei la 91890184091834091801928410948190 questões e 91289021840912849018409184091809 bancas diferentes? rsrsrsrs

    Se ficou confuso o que disse me fala…eu mesma custei aqui na frente do computador para elaborar a duvida…

    Beijos Ju

  • O Santana

    Carol, li duas matérias suas muito úteis para minha “empreitada”: essa e aquela sobre os esquemas em fichas.
    Mas tenho uma dúvida: qual dos dois métodos pode ser mais eficaz para as matérias de Direito? (muita lei, muito decreto, muito inciso…rs).

  • Lopes

    Pôxa Carol, achei tremendo esse seu POST. E o mais legal de tudo é que isso reforça a ideia de que ainda existem pessoas DO BEM , assim como você, iluminada. Tenho certeza de que você está gerando crédito com Deus, por ajudar tantas pessoas. Obrigado, mesmo. Lopes.

  • Carla Ponte

    Valeu, obrigada! Ótimo site!

  • Rogerio

    Apenas informando que o site tecconcursos não é gratuito… mas é uma boa opção.

  • Saks a

    Essa técnica pode funcionar com português?.rsrs preciso ser aprovado no INSS^^.PLz Como voçê costumava estudar na facu? eu leio os livro faço resumos ,porem parece que não absorvo.

  • Lia Neta

    Olá Carol. Adorei o seu post. Fiquei tão interessada da forma que vc divulgou toda a sua trajetória de estudar para concursos. Confesso que eu tenho um pouco o teu lado no passado. Eu ainda sou que digamos, preguiçosa para estudar!. Rsrsrs…
    Eu gostaria de saber de vc!.
    A minha dúvida é, de como faço para melhor aprofundar o concurso que devo começar à estudar!. Aqui no RS, está previsto os concursos para INSS, RECEITA FEDERAL, MINISTÉRIO DA FAZENDA. Sou formada em administração. Na qual esses concursos os 2 últimos exigem nível superior. E os salários são tentadores, rsrs…. Mas, como vou começar à estudar, se não foi divulgado o verdadeiro edital, para saber qual a banca organizadora?. Como é que vc responderia várias vezes as questões?, imprimia, copiava, respondia pelos simulados disponíveis?. Noooossaaaa…. !. Minha cabeça fica uma confusão!. Me ajuda!!. É Deus no céu e vc na terra, para me ajudar por onde eu devo começar!. Até fiz um tabela organizando os dias para cada disciplina. Mas como são muitas disciplinas para esses 3 concursos citado à cima, claro aproveitando as disciplinas que repetem de concurso pro outro, como por ex. Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico… Mas, em fim. como faço para que eu comece por um lado mais claro como vc ensinou por questões. Mas como?. Como eu já disse, qual era a melhor maneira que vc usava para responder várias vezes as questões?. Obrigada desde já Carol. Fico no aguardo de suas respostas, e por favor me ajuda a melhor forma!. Não tenho livros. Estou correndo atrás na internet. Alguns eu imprimo!. GRATA!!!.

  • Lia Neta.

    Olá Carol. Primeiramente obrigada por essas dicas fantásticas. No decorrer do tempo, irei te fazendo algumas perguntas, para que vc possa retirar minhas dúvidas.
    A princípio começando por bancas. Quando não tem o edital ainda. Tem somente as divulgações. Devo responder as questões de acordo com o edital anterior?. De quantos anos anterior mais ou menos?. Grata.

  • Oi, Lia! hhahaha, vamos por partes…
    “Aqui no RS, está previsto os concursos para INSS, RECEITA FEDERAL, MINISTÉRIO DA FAZENDA.”
    Escolha UM e vá em frente ;)
    “Mas, como vou começar à estudar, se não foi divulgado o verdadeiro edital, para saber qual a banca organizadora?”
    Opa, essa é fácil! Estude se baseando em editais passados (de preferência o edital do último concurso).
    “Como é que vc responderia várias vezes as questões?, imprimia, copiava, respondia pelos simulados disponíveis?”
    Existem sites especializados em organizar essas questões! O meu preferido é qconcursos.com.br
    “Fico no aguardo de suas respostas, e por favor me ajuda a melhor forma!. Não tenho livros. Estou correndo atrás na internet.”
    Então você está no lugar certo, Lia! A internet é o melhor lugar para se estudar hehe…
    Eu indico fortemente que você leia este post: http://esquemaria.com.br/14/05/2014/planilha-de-estudos-ciclo/

  • Lia Neta.

    Olá Carol. Será que vc está recebendo minhas dúvidas?.
    Obrigada!.

  • Oi, Lia! Recebi suas dúvidas, sim (respondendo ao comentário anterior)… sim, responda de acordo com o edital anterior, de preferência ;)

  • É verdade, Rogério!
    Eu acrescentei o TEC depois, e não tinha percebido o erro… valeu!

  • Lia Neta.

    Olá Carol. Para que eu possa tomar uma perfeita condição de estudos através das questões, eu gostaria de saber. De como vc faria várias vezes a mesma questão. Você imprimia, copiava, fazia simulado?. Em fim, qual é a melhor maneira de responder várias vezes as mesmas questões?. Já tentei das 3 formas, mas eu sei que apenas uma forma seria ideal!. Me ajude nessa dúvida!. Obrigada!.

  • Lia Neta.

    Olá Carol. Boa tarde. Obrigada pela a resposta anterior.

    E mais uma vez. Para que vc me diga se está correto ou não, só para que eu possa organizar a minha cabeça para melhor estudar. Peguei algumas provas de Técnico do Seguro Social, para que eu possa melhor aprimorar as questões.

    É o seguinte:

    Provas de 2003 a 2012.

    No caso, como eu tenho que resolver questões de informática, eu tenho que estudar por bancas ou por órgãos?. Acredito que muitos concurseiros estão com essa dúvida. Porque são várias bancas, e vários órgãos, com tipo de provas diferentes.

    Encontrei vários anos, com cores de cadernos diferentes, com bancas diferentes, com escolaridade de nível médio e superior.

    vEJA BEM:
    Analista do Seguro Social – em Serviço social; – FUNRIO / 2009 – SUPERIOR.
    Analista do Seguro Social – em Direito; – CESPE / 2008 – SUPERIOR.
    Analista previdenciário; – CESGRANRIO / 2005 – SUPERIOR.
    Técnico previdenciário; – CESPE/ 2003 e CESGRANRIO / 2005 – MÉDIO.
    Técnico do Seguro Social; – CESPE/ 2008 – MÉDIO
    – CESPE / 2008 – caderno branco – MÉDIO.
    – CESPE / 2008 – caderno marrom – MÉDIO.
    – CESPE / 2008 – caderno roxo – MÉDIO.
    – CESPE / 2008 – caderno azul – MÉDIO
    – FCC / 2012 – SUPERIOR.

    Te pergunto, por onde eu deveria começar a responder essas questões?. Eu preciso centralizar esse esquema para que eu possa dar início aos estudos. Enquanto não organizar a mente do que devemos começar primeiro, não adianta. Fica tudo confuso, e finda não estudando para nada!!.
    Obrigada!. Te aguardo. Que essa minha dúvida seja esclarecida também para muitos concurseiros, que estão te acompanhando nessa jornada de esquemas pra melhor aprimorar um bom estudo, através das questões já fazendo a teoria!!.

  • Que bom que mudou sua vida, Ju! Esse é o MEU propósito de vida ;)

    Qto à sua dúvida: não importa o concurso… importa a banca e o ano! Então, coloque no “balãozinho” (hehehe) a banca e o ano! Só isso ;)

    Eu acho que foi essa a sua dúvida, né?

    Bjs!

  • Thiago, que massa! Esse concurso de TI vai ser show. Ah, depende da matéria, cara… Se for matéria de lei, não precisa de teoria antes, não, prq a própria Tática vai montando a teoria para vc! Mas se for matéria teórica, tipo de português, administração… aí compensa pegar teoria antes, sim.

  • Valeu :D
    Direito seria melhor essa, mas, se sentir necessidade, faça fichas! Bjs ;)

  • Esse post é massa mesmo, né? Que bom que eu pude ajudar! Bjs!

  • Valeu!

  • Lia, a minha resposta sobre os sites de concurso te ajudou? Ou você quer saber de mais algum detalhe?

    • Lia Neta.

      Os sites que vc enviou, me ajudou bastante. Inclusive estou usando o PCI concursos. Quanto a detalhes, a respeito da minha pergunta. Eu gostaria mais ou menos somente de um exemplo de como vc atuava para estudar as questões!. Obrigada!!!.

  • Oi, Lia!

    “No caso, como eu tenho que resolver questões de informática, eu tenho que estudar por bancas ou por órgãos?”
    Vá por bancas! Blz? Se as questões se esgotarem, aí vc vai por órgão…

    “Te pergunto, por onde eu deveria começar a responder essas questões?”
    Se a questão não se encaixar na Tática dos Feras (ou seja, se a questão não exigir memorização e nem for ato normativo), sugiro que você primeiro veja a teoria! E, depois, muita prática, mas sem Tática dos Feras… informática não é boa para essa tática! :)

    Obrigada pelas dúvidas, Lia, elas sempre ajudam muito aqui nos comentários. Forte abraço!

    • Neurivon Silva

      Boa tarde Carol, como você gosta de coisas simples, quero fazer uma pergunta bem simples: você quer casar comigo? kkkkkkkkkkk
      SQN! brincadeiras à parte, quero agradecer pelas boas e descontraídas dicas, algumas já colocava em prática, outras não, como ”
      eBook]
      O Guia Simples e Prático para Aprender a Fazer Discursivas no Cespe de
      Uma Vez por Todas”. Liguei-me nessas dicas e acho que vai servir muito
      para as futuras provas. Parabéns, mais sucesso!!!

  • Geverson Brito

    O interessante é que o idealizador do QConcursos se baseou nesse método pra criar o site. Muito massa!
    http://blog.qconcursos.com/2014/07/15/conheca-a-historia-do-concurseiro-que-criou-o-qc/

  • Sim! Eu sou da época que o QC era um blog ;)

  • Oi, Lia!
    Eu estudava do jeito que falei no post! Não tinha uma ordem quanto a “primeiro questões, depois teoria, depois mapas…” isso é muito relativo! Depende, principalmente, de cada matéria que você vai estudar. Colocando as técnicas em prática, você vai perceber muito bem isso :)

  • Oi, Saks! Não recomendo a técnica para estudar português! Português tem que ser compreendido desde suas raízes, blz?! Mas isso não significa que você não deva fazer questões! Tem que fazer muitas questões de português, sim, mas não procurar as respostas em material didático e colocar o nome da banca… isso seria contraprodutivo, porque você deve entender a matéria como um todo! Não é questão de saber atos normativos e memorização.

  • Thiago Barbosa

    Obrigado por compartilhar todo esse conteúdo. Isso realmente ajuda quem precisa mas não pode investir muito. Obrigado Carol!

  • Obrigada, Thiago! Ajuda mesmo! :)
    Abraços

  • Thiago Barbosa

    Obrigado novamente carol. Estou acompanhando seu site e a cada página me surpreendo mais.

  • Beatriz Nunes Barbosa Nunes

    Oi Carol estou amando seu blog, porque está me mostrando diversos erros que já cometi e não quero mais cometer. Quero te pedir uma dica de livro de AFO. O que você acha do Deusvaldo Carvalho??

  • Maria Luísa

    Parabéns Carol!! Adorei o site! :)

  • Maravilha, Beatriz! Que bom que gostou.
    Gosto muito dele, mas depende muito de para que você precisa e qual é seu nível em AFO. O livro do Deusvaldo é bem completo, tem muitas questões comentadas e é de uma ótima editora! O conteúdo não é tão bem organizado, mas isso não impede de você entendê-lo, com o tempo, porque, apesar de tudo, o conteúdo é bem distribuído.

    • Beatriz Nunes Barbosa Nunes

      Então Carol estou estudando para o concurso do TCU desse ano. Eu tenho livro do Sérgio Mendes e quero saber se na sua opinião ele supre os assuntos para o concurso do TCU?Há também quero te perguntar, se não for muita intromissão, que livro de Afo e de Controle Externo vc usava nos seus estudos para o TCU e que vc me indicaria. Obrigada pela Atenção.

  • Isso é maravilhoso, Thiago! :)
    Abraços!

  • Jean Lopes Azevedo

    Carol, uma dúvida. Posso fazer isso com matéria teórica, tipo Atos administrativos, Direitos Fundamentais e outros inúmeros assuntos? e caso a banca que vou fazer o concurso tenha poucas provas pego semelhantes?

  • Saks a

    O meu problema é que estudo teoria e na hora de aplicar não dou conta.É horrível bate uma depreee. Não sei se vou dar conta, as vezes sinto que sou incapaz.

    • De jeito algum, Saks!
      Todo mundo se sente assim (eu já me senti assim). Leia o meu post da semana que vem!
      Abraços.

  • Jean Lopes Azevedo

    Bom, me tira uma dúvida. Se eu vou fazer um concurso para o TJDFT e pego Direito Constitucional e vou procurando questões dos assuntos referente ao edital certo. Mas vou achar muitas questões e muitas marcações haverá no livro, ou seja, haverá marcações de todos os assuntos. Então vou ter que estudar praticamente tudoooo. Entendeu minha dúvida?

  • Cristiane

    Adorei as dicas Carol!! mais feliz ainda por saber que estou no caminho certo!! Obrigada, :)

  • Lino Duarte

    Carol, comprei um livro sobre DAD do Alexandre Mazza, o que vc acha desse livro? Aqui em Manaus não encontrei o do Marcelo Alexandrino com o Vicente Paulo. :(

  • Pode sim, Jean, sem dúvidas ;)
    Sim, pegue de outras bancas (Cespe, principalmente).

  • Entendi! Ao invés de pegar por assuntos, pegue por provas. De qualquer forma, se quiser pegar por assunto, você saberá quais partes daquele assunto mais caem! Em Constitucional, você vai encontrar muita coisa, de qualquer forma ;)

  • Obrigada, Cris :)

  • Ele é ótimo! MA e VP você encontra na internet, Lino, mas, já que comprou o do Mazza, não precisa de muito mais :D

  • Oi, Beatriz! O do Sérgio é bom, mas é bom complementar PELO MENOS com aulas em PDF e questões comentadas. Indico o do Augustinho Paludo (AFO) e o do Luiz Henrique Lima (Controle Externo). Melhor ainda que o livro do Luiz é a aula do Érick Alves, de Controle Externo… o cara ensina bem DEMAIS da conta! Tenho o link de afiliado dele: http://bit.ly/TCU-Tecnico-Cursos

    • Beatriz

      Obrigada pelas dicas. Então Carol eu tenho aulas em pdf do Sérgio de AFO mas vou atrás do livro do Paludo como você me indicou e do material do estratégia da Érica de controle externo. Assim vc não acha que devo comprar o livro né só o material em pdf?

  • David

    Carol, por favor me responda! você acha que esse método seria eficiente para estudar para o vestibular?eu não tenho muito tempo para estudar ao longo do dia e seria ótimo se eu pudesse otimizar o estudo e as revisões utilizando esse método

  • David, eu não entendo muito sobre vestibular… mas acredito que seja tão bom quanto (dependendo da matéria)!

  • Marilan

    Carol, no final do vídeo você agradece por tê-lo assistido? Sério? Eu é que devo agradecê-la. Poxa, uma pessoa que enxerga uma técnica e a divide da melhor forma, é digna só de aplausos. Que o Pai do céu a abençoe generosamente!

  • Percilio

    Oi Carol, para meus últimos concursos estou fazendo assim, só que, além disso, faço mapas mentais em cima das questões. Mas estou com uma dúvida. Na sua opinião qual é a melhor técnica para estudar controle externo para o concurso do tcu?

    • Percilio, vou dar uma aula online gratuita sobre isso! Inscreva-se no site e fique de olho nos próximos e-mails que eu mandar! ;) abraços

  • André Garcez

    Carol, ao usar a tática dos feras para estudar para o cargo de técnico do TCU, devo filtrar somente as questões de nível médio ou pelas de nível médio e superior?

  • Juliana

    Oi Carol. Usando esta tecnica para estudar, como devo encaixar a tecnica dos esquemas para futura revisão? Faço os mapas de todo o assunto ou só dos que identifiquei como importantes com as questões. Ou será que somente relendo as marcaçoes que fiz, já é suficiente para revisão.

  • Renata Ribeiro

    Parabéns!!! Adorei o vídeo e já estou colocando em prática…
    Obrigada!!! :)

  • Natália

    Oi Carol, tudo bem?
    Estou começando a utilizar a tática dos feras nos meus estudos, mas faço as marcações nos livros ou leis. Vi que você faz diretamente no pdf, qual programa que usas?

  • Silas Nunes

    Fiquei com dúvida em relação a essa tática de se utilizar questões dos concursos. As questões dos assuntos mais cobras são referentes à banca que irá fazer o seu concurso, não estou certo? Então como utilizar essa tática se a banca do seu concurso ainda não foi escolhida? Usa-se a banca do concurso anterior? Ou usa-se essa tática quando a banca for escolhida?

  • Ramon Rodrigues

    Por que não pensei nisso antes?! Hahah.. Ótimo o seu site, Carol! Parabéns!

  • CAIO BRASIL

    PARABÉNS PELO BLOG! MUITO SHOW! Estudo já por algumas dessas técnicas e vejo que aumentou muito o meu potencial de estudos, pois estou começando agora a minha coleção de aprovações (risos). Mas gostei da iniciativa do Blog, levando em consideração que eu parei aqui justamente por indicação de um amigo meu em uma conversa sobre algumas técnicas de estudos que eu defendo fielmente, e por “coincidência” estão aqui, a exemplo: mapas mentais e fichas.
    Parabenizar também pelo vídeo, alto explicativo e bem montado. Para o seu primeiro vídeo, já mostrou o nível de sapiência em tratar o receptor através de uma linguagem simples e não rebuscada. Parabéns, conquistou um leitor. Indicarei para os meus alunos e amigos de estudos.

  • Quetilin Oliveira

    Carol,

    Muito interessante seu vídeo, pretendo estudar por este método.

    Parabéns pelo site, com certeza irá apoiar muitos “concurfriends”.

    Quetilin

  • Altieres Frances

    Muito bacana a ideia de anotar no texto os trechos que têm caído nas provas. Utilizarei! =D

  • Oi, Bruno!
    Só por ano e banca é suficiente ;)
    Talvez seja legal colocar o órgão, também! :)

  • Eu acho que já te respondi em algum lugar, Bruno!
    Por ano e banca já tá bom demais. Um outro dado relevante é o órgão público que fez o concurso! ;)

  • Leonardo Marciano

    Nossa, fiquei surpreso com a ttica dos feras, é fantástica. Vou começar aplicá-la apartir de hoje. E olha, que estudo a quase dois anos para Analista de TRT…
    Muito Obrigado pela iniciativa por disponibilizar este conhecimeto de qualidade e gratuitamente. O que atualmente é raro na internet.
    At Leonardo.

  • Oi, Alexandre!
    Faça de outras bancas, sim, principalmente Cespe (que é completa, erra pouco e ensina muito). Abraços!

    :)
    Carol.

  • Obrigada, Leo!
    Eu uso o CTRL+F no computador, sim, e nos livros eu usava muito o sumário, até me acostumar com o estilo do livro.
    :)
    Abraços!

  • Luciana Domit Lusa Tavares

    Olá Carol, no site QC selecionei o assunto :ortografia” e a banca “FCC”, mas ele não filtou só o que selecionei… Tem outro site de questoes que você indicaria para este caso?

  • Por nada, Su :)

  • Ester

    Oi Carol tudo bem?
    Estou com uma dúvida,usando a tática dos feras;
    Filtrando o assunto,a banca, o nível (médio) e o concurso,percebi que alguns assuntos não caem. Devo estudar o assunto mesmo assim ?

  • Obrigada ;)

  • Obrigada, Ester!

  • Não, Ester! Eu estudei e fiz faculdade ao mesmo tempo! Basta você se organizar e colocar como rotina :)

  • Obrigada, Rosane!
    Livros é algo muito específico… hehehe… dependendo da matéria, posso ajudar

  • Oi, Renan!
    Obrigada ;)

    Vamos por partes:

    Para eu aplicar essa técnica, eu preciso ter uma boa base teórica?
    Isso é bem relativo (dependendo da matéria), mas, de maneira geral, é possível que você aprenda melhor aplicando essa técnica do que teoria pura e simples…
    :)

  • Depende do assunto, Nicole! Às vezes, uma leitura rápida anterior ajuda, sim ;)
    Abraços!

  • Obrigada ;)

  • Com a banca sendo FCC, indico Sergio Mendes para AFO. Mesmo assim, você deve estudar, por fora, muitas questões! Direito do trabalho e processo do trabalho eu não saberia… Mas pelo menos a CLT eu teria ao lado aplicando um monte de tática dos feras! :)
    Também faria isso com as súmulas.
    Abraços!

    • Rosane Rocha

      Agradeço imensamente. Muita luz na sua caminhada!!!

  • UAU! Obrigada pelo depoimento, Gustavo :D

  • José Costa Ayres Júnior

    Muito bom! Vou começar a por em prática agora mesmo.

  • RespireSeuSonho

    Gente essa tecnica funciona mesmo! Não vou mentir que demora um pouco a mais quando se tem um planejamento de tempo, mas esta facilitando demais a minha vida. Posso olhar com mais exatidão onde a banca vai passar a perna agora, pq se vc tem noção do que a sua banca pediu em termos de assunto em concursos recentes, pode contar que eles vao aparecer pra vc na sua proxima prova. Adorei!

  • RespireSeuSonho

    Vdd Gustavo, mas por precaução que os sites recomendam que estude o edital todo, pq nem todo mundo conhece as melhores tecnicas. Eu, por exemplo, estudo ha 1 ano e descobri essa tecnica do esquemaria anteontem! Por via das duvidas, eles mandam vc estudar tudo mesmo ne, vai que cai…

  • Filipe Portella

    oi carol, quanto tempo você aconselha a estudar por dia? E de livros e materiais de estudo o que você aconselha, pra direito constitucional e administrativo?

  • Dalton Silva

    Muito bom!!!

  • Marcele

    Carol, muito legal as suas dicas mas gostaria de saber sobre vídeo aulas? Você tem dicas dos melhores sites que disponibilizam vídeo aulas? E como posicionar tais vídeos no esquema de estudo? questões, teoria, vídeo aulas, revisões, fichas de estudo? obrigada

  • Obrigada, Liz! ;)

    Obs.: já passei haha

  • Aguinaldo Lima dos Santos

    Olá Carol, qual o aplicativo que você usa para fazer aquelas anotações na lei 8666? ficou show aquelas anotações. Como você faz aquilo?

    • Oi, Aguinaldo! Eu sou designer, então eu mesma monto. Entretanto, dá para fazer isso no Word! :)

  • Obrigada!

  • wesley venceslenço

    É impressionante ver uma jovem como vc se dedicar de forma tão intensa a ajudar aos outros. Vc jogou uma luz em meus estudos e lhe sou bastante grato por isso. Vou continuar acompanhando seus posts e que Deus te abençoe!

  • Marcelo,
    não use em tudo! Use naquilo que você tiver mais dificuldade. Às vezes, o tema é muito simples e você não precisa da tática. Abraços!

  • Sem dúvidas!

  • Melhor quando você define uma banca, mas pode ser usada sem a definição, tbm!

  • Eu gosto da ideia de fazer direto no PDF! Abraços.

  • Alessandro

    Gustavo, eu estava parado m bom tempo e estou voltando agora a ativa nos estudos para concursos, focado nas carreiras policiais vi este comentaria no blog da Carol, tem como você me explicar ou partilhar sua técnica para ter maior aproveitamento dos estudos?

  • Amanda Costa

    Nossa, como me identifico com você. Também sou publicitária, fã de livros de fantasia e ex-aluna de escola pública! E moro em Goiânia. Sou nova no mundo dos concursos e saber que alguém com características parecidas comigo conseguiu é muito motivador. Obrigada pelo incentivo.

  • Obrigada, Joycy! :)

  • ianne

    Carol, essa tática da para ser usada em competências focando nos incisos que mais caem e não ter que decorar inúmeras competências ?

    • Oh, yeah! Na verdade, é um dos assuntos em que mais funciona essa tática ;)

  • Obrigada, Ianne!

  • Thayane Queiroz

    Oi Carol, tudo bem? Parabéns pelo site. Você é um ser humano incrível!!
    Estou de mãos atadas. O concurso que eu vou fazer só aplicou uma prova para minha área em toda sua vida. Só tenho um edital de base e uma prova de 10 anos atrás. E agora? :(

    • Oi, Thayane!
      Estude por outras bancas! Provavelmente a sua virá com questões de múltipla escolha, então estude o conteúdo do Cespe e faça questões de bancas múltipla escolha (ex.: FCC) para se acostumar com o estilo.

  • Wagner

    Olá, Carol, tudo bem? Parabéns pelo post e por compartilhar dessa estratégia que, aparentemente, me parece ser bem eficiente (digo isso pois ainda não apliquei para mim, mas hoje já começo :D ).
    Pelo que percebi, você deu uma certa ênfase em “Atos Normativos”. Como sou da área de TI, posso aplicar essa estratégia para as disciplinas específicas, tranquilamente que o resultado será o mesmo, correto?
    Grande abraço!

    • Obrigada ;)
      Funciona, sim! Principalmente para conteúdos que exigem mais memorização a longo prazo.
      Abraços!

  • Wagner

    Qual ferramenta você usa (usou) para os mapas mentais? Fiquei curioso por esta figura: http://esquemaria.com.br/wp-content/uploads/2014/03/esquemaria-Esquema.jpg

    • Oi, Wagner! :)
      Esse aí é um programa de designers chamado Illustrator :D

      • Wagner

        E nos seus mapas mentais à mão, canetinha e lápis de cor? Qual marca?

  • Obrigada, Neurivon! :)
    Se você puder compartilhar com seus amigos, agradeço ;)
    Abraços!

  • Obrigada, André!
    Marcelo Alexandrino e Vicente Paulo e Pedro Lenza ;)

  • Oi, Wagner!
    Se a banca for Cespe, não faça questões de outras bancas… se não for Cespe, faça questões de outras bancas misturadas com Cespe!
    Exercícios desde o início! Sempre! Claro que você vai ver a teoria e material para revisão, mas sempre deve fazer questões!

  • Obrigada, Thiago, fico muito feliz por ler isso ;)
    Sim! Leitura dinâmica! Leia rapidamente e várias vezes, e sublinhe as partes que te chamarem mais atenção!

    Abraços :)

  • Tudo bem, Ana, às vezes a gente se sente assim, mesmo. Uma dica para concursos específicos e com poucas vagas: além de entender como a banca cobra (fazendo muitos exercícios), invista nos mapas mentais! Vai haver termos que você nunca ouviu falar, durante a faculdade.

    Este artigo pode te ajudar: http://esquemaria.com.br/mapas-mentais/

    Abraços ;)

  • Obrigada, Salviana! :)
    Sim, a dica é pegar pelo menos das principais bancas (Cespe principalmente) e anotar QUAL banca cobrou o conteúdo.
    :)
    Abraços!

  • vanessa

    nussss Carol, voce me ajudou bastante!! estou estudando para o INSS e percebi que respondi mais questoes referentes a um mesmo artigo… facilitou e com certeza vou ter mais produtividade nos estudos ^^

    • Vanessa, fico muito feliz em ler sua mensagem! Abraços! ;)

  • Não aconselho! Português é matéria para se aprender aos poucos, parte por parte, até chegar às questões.
    Combinado?

    Abraços!

  • Muito obrigada pela mensagem! ;)

  • Oi, Juliano!
    Bacana, você tá mandando bem! Eu conheço o Anki, sim, e gosto muito ;)
    A única coisa que eu não faria seria colocar a questão na Tática dos Feras. É muito trabalho para pouca utilidade, já que a Tática serve para visualizar qual teoria mais cai! ;)
    Abraços!
    Bons estudos!

  • Olá, Thiago! Obrigada :)
    Se gostou, aproveite para compartilhar com seus amigos que também estudam! Heheh :)
    Vamos à sua dúvida:
    “Quando eu for consultar as provas anteriores, devo buscar provas da mesma banca separadas por cargo específico ou serve qualquer cargo?”
    Serve para qualquer cargo. Só tente se manter na banca para a qual você fará o concurso e, mais ainda, se for Cespe, mantenha-se nas questões do modelo C/E (porque o Cespe também usa múltipla escolha em algumas provas).
    Abraços!

  • Oi, Juliano!
    Faça assim: enquanto você não estuda a matéria, para alternar os assuntos, estude uma aula de constitucional, depois uma de português, depois uma de administrativo, e assim vai, até você voltar à primeira matéria. Desse modo, você faria, neste primeiro momento, um ciclo por assunto, e não por tempo!
    A parte ruim é que você deixa os pesos das matérias um pouco de lado, neste primeiro momento. Porém se, como você disse, você pretende fazer um estudos por ciclo, quando terminar, aí fica ok ;)
    Abraços!

  • Alessandro

    Bom dia Carol, Estava visualizando uns videos pela internet de como triplicar sua atenção para estudos de concurso e no final agora o responsável por este curso apresenta uma relação de cursos dele e entre os que não são dele, apesenta esta sua postagem como um curso e esta adicionando no pacote dele, o cara não tem contato no site dele, não fala de qual estado, achei estranho tudo isso, o nome do cara é Henrique Cattonar o link no youtube é https://www.youtube.com/watch?v=tz4_pYPa6DY, http://concurso3x.com.br/apresentacao-4-metodo-c3x-premium/. Abraço.

  • Obrigada, Carlos!
    Você deve marcar aquelas que te fariam acertar a questão (simples assim hehehe)! :)
    Abraços!

  • Oi, Mayara! Adorei sua dúvida, porque ela é bem pertinente MESMO.
    Minha dica: se houver alguma resposta na lei, marque SOMENTE na lei. Se não houver resposta na lei, marque no livro (doutrina). Beleza? O que acha dessa solução?
    Abraços!

  • Oi, Eduardo! Vá dando mais ênfase ao Cespe, mas faça algumas da ESAF, das matérias relacionadas no último edital. A verdade é que nunca se sabe :)

  • Oi, Rafa!
    Ahhh, legal, boa prova para você em dezembro! Se passar, venha aqui contar, combinado? :)
    Cara, não existe uma resposta só para sua dúvida. Isso depende sempre da matéria! Geralmente, o ano não interfere, mas questões muito antigas também não são necessárias.
    Talvez seja bacana você se manter na FCC até 2012 e, se precisar de mais questões, pegue algumas do Cespe, que não sejam tão recentes nem tão antigas (entre 2013-2014), porque pode haver uma propensão de a FCC querer copiar alguma tendência do Cespe.

  • Rafa, não depende só de você já ter estudado, mas de você ter estudado E ter chegado a um bom nível. Se, para FCC, você acerta mais de 85% em português, então perfeito! Não precisa estudar mais.
    Matemática a gente fica propenso a esquecer alguns detalhes, alguns macetes, então sempre é bom fazer exercícios.
    E informática… well, na FCC, eles costumam mesmo se repetir (diferentemente do Cespe, que adora um inédita de informática), então revise fazendo questões, e, melhor: PERCEBA quais assuntos mais caem.
    :]
    Abraços,
    – C

  • Oi, Carla :)
    Vi sua dúvida no outro comentário e vou responder tudo neste, beleza? :)
    Para começar, a verdade é que existe uma individualização das técnicas de estudos. Você vai ler aqui e vai aprimorar para a sua realidade, para o seu concurso :D
    Então, delimitar o tempo seria, sim, uma solução bem legal.
    Quando você for aplicar a Tática dos Feras, não precisa colocar regras. Por exemplo: não precisa fazer TODA questão, ou correr atrás de TODA questão. Com a prática, você vai aprender que algumas questões podem ser jogadas fora, porque são muito, muito específicas, caíram uma vez na vida, enfim…
    A Tática serve para você encontrar os conteúdos que têm chance de te fazer acertar 80% da prova! Os outros 20% são divididos em lógica e, acredite ou não, sorte. Como as notas de corte costumam ficar em 70 ou 80% da prova, só com a Tática dos Feras (aplicada diariamente, com rapidez e disciplina…) você já está garantida!
    Depois, ainda dá para ganhar uns pontinhos com lógica e, bem… com sorte :)
    Só que esses pontinhos, muitas vezes, nem são necessários.
    Abraços!

  • Oi, Carol :)
    Muito obrigada, eu fico realmente feliz por saber que você gostou ;)
    Vamos às suas dúvidas, então?
    Primeiramente: como você divide o tempo entre questões e teoria? A verdade é que não existe uma regra fixa. Tá? As pessoas costumam muito querer colocar regras fixas e percentuais (PRINCIPALMENTE percentuais) em coisas que elas não devem colocar. E o motivo disso é muito simples: quando você coloca regras demais, podem acontecer dois efeitos muito ruins para quem estuda:
    1º – você fica em uma zona de conforto. Se você atingir, por exemplo, 20 minutos fazendo questões, e aquela for sua “regra fixa”, chances são de que você poderá não ver questões importantes; ou
    2º – você pega conteúdo inútil. É o extremo oposto do primeiro efeito (que eu acabei de falar): às vezes, 20 minutos para um assunto determinado é muita coisa. E daí, quando você coloca uma regra fixa, você se sente na obrigação de cumprir 20 minutos que, caraca, não seriam necessários.
    Portanto, para sua primeira pergunta, a resposta mais correta é: você deve fazer o mínimo de questões para cobrir a teoria que mais importa para sua prova. São necessariamente poucas questões? Não! Em alguns assuntos, você terá de estudar mais; em outros, você terá de estudar menos. O que importa é que você não estude em um tempo fixo (tudo igual para todas as ocasiões, como se houvesse uma regra, aí…).
    Sua segunda pergunta: dá para começar uma matéria do zero com essa tática? Sem dúvidas! Mas é só essa Tática que você vai usar para estudar tudo? Não! Em alguns assuntos, é por ela que eu sugiro você começar, principalmente se esse assunto demandar conhecimento de atos normativos. Em outras matérias, nem gosto que você a aplique, porque não faz muito sentido (em português, por exemplo, ou raciocínio lógico). Matérias que demandam muito raciocínio eu não gosto de aplicar a Tática dos Feras, porque não é memorização que a gente tem que trabalhar, e sim outras coisas.
    Respondido?
    :)
    Espero que sim!
    Abraços ;)

  • Obrigada, Luíde :}

  • Obrigada, Jean :)
    Hahahah, não tem essa de bancas mais complicadas, não! Concurso é concurso, todo mundo vai pegar a mesma banca!
    Vou dar a mesma dica que acabei de dar a uma outra visitante do #Esq: se a banca for mais desconhecida e não costuma liberar as provas, procure fazer questões de outras bancas, especialmente Cespe e FCC :)

    • jean

      Bom dia!
      Obrigado Carol.
      Abs!

  • jean

    Bom dia!
    Obrigada Carol.
    Abs!

  • Leonardo Costa

    Você é fora de série. Parabéns!

  • Elaine Oliveira Brandao

    Oi Carol.. estou adorando seu blog/site…
    Sou concursada no estado de MG… Quando me formei a meta era passar em um concurso da minha área (meio ambiente – Eng. Florestal) Bom consegui… mas sou de Brasília e a família toda tbm… Fico vários dias na estrada entre MG e BSB… Mas cansei… e agora voltei a estudar pra concurso…

    Tem 2 meses que estou tentando pegar ritmo…ta complicado estudar /trabalhar….
    E posso dizer que retomar os estudos é como começar do zero… vc esquece mt coisa… E adquirir uma preguicinha difícil de largar!!

    Agora minha meta é passar em um concurso em BSB com salário de pelo menos 4mil.. (pra começar)…NÃO IMPORTA A ÁREA.

    O problema que estou vendo mts editais cobrar Administração Pública, Administração Geral e Publica, Gestão de Pessoas..
    Bem essas matérias estão bem comuns em cargos administrativos (principalmente para Analista Administrativo em qualquer formação)…
    Mas ainda não consegui um material bom desses conteúdos pra estudar.. tenho alguns resumos.. mas só gosto de resumos quando já tenho uma noção maior da matéria… ver algo pela primeira vez com resumos dificulta assimilar o conteúdo…

    Como vi uma foto da pagina de um livro sobre gestão de pessoas…
    Gostaria se possível que vc me indicasse um material pra adquirir dessas matérias…

    Qualquer bibliografia voltada pra concurso…

    Beijos… e bom trabalho!!

    • Oi, Elaine! :)
      Muito obrigada ;)
      Eu concordo que é sempre bom você fazer o concurso para o lugar em que você vai ser mais feliz! E Brasília é cheia de boas opções.
      Administração Pública: gosto do Rafael Encinas (professor do Ponto dos Concursos). Não preciso indicar mais nada, depois dele, porque a aula é hiper completa! Mas eu cheguei a ter o livro do Augustinho Paludo, também, que era bom, e o do Chiavenato, de Administração Geral e Pública, que é mais legal para Geral.
      Administração Geral: gosto do livro do Chiavenato, mas isso é muito relativo, hoje em dia. Muita gente não gosta. Outra ótima opção, hoje em dia, é o livro do Rodrigo Rennó. Em minha época, ainda não havia este livro, então eu mesma não estudei diretamente por ele, mas muita gente usa, hoje em dia :)
      Outra dica, em Geral: faça tantas questões comentadas quantas você puder! É a melhor maneira de sacar algumas respostas.
      Gestão de Pessoas: existem opções e mais opções… o que eu estudei foi um de 2011, ou 2010, de Rocha e Duran, mas hoje um mais completo é o da Andréia Ribas e do Cassiano Ramalho.
      Compensa você complementar as três matérias com aulas em PDF, principalmente se as aulas vierem com muitas questões comentadas :}
      Abraços

  • Dâmaris Leite

    Obrigada por todas essas dicas!

    É muito bom pra quem ta iniciando os estudos encontrar dicas como essas.

  • Renato

    Muito obrigado, Carol. Pelas dicas e as informações sobre concursos. Abs e se cuida

  • Henriquej9

    Excelentes dicas. Obrigado!

  • Vá no caso a caso, Isaac! Às vezes, é legal ler, antes, mas às vezes não.

  • Oi, Marcus!
    Sim, sempre há algo novo, em editais novos. Entretanto, o que você estudar antes do edital já vai matar muito conteúdo que venha a seguir! :)

    Abraços!

  • Isaac, não faça questões inúteis! Às vezes, você fica tempo demais em uma questão que praticamente não cai. Se for o seu caso, procure questões parecidas e veja se a questão em que você está realmente tem chances altas de cair novamente.

    • isaac

      até entendo você carol não falo que seja inutil pode ter um indice muito baixo de cair no concurso mais de fato está no edital então não e termo de dar prioridades para questoes inuteis e sim pegar pelo menos uma base acho que é isso se eu estiver errado me corriga rss

  • Dead Pool

    O que vou falar não vai contribuir em nada para vocês masssssssssss, Eu sempre tive uma vontade imensa de estudar.

    Quando não se estuda com dinâmica se torna muito torturante. Cada um tem que tentar a várias formas de se estudar, e foi essa forma que realmente está dando certo para mim. os fatore são:

    1 – Ao responder provas, ali você já tem uma grade de estudos muito dinâmico, sempre alternando as matérias.

    2 – Você ganha tempo, não gasta um tempãooooo programando o conteúdo.

    3 – Você ver o que cai realmente nas provas do cargo especifico que você vai fazer, por que questão de direito constitucional para POLICIA e INSS claro que é diferenteeee neeee.

    4 – Estudar onlineeeeeeeeeee??? ta loucooo cachoeiraaaaa!!! as váriassss explicações que tem para cada resposta é muito bom, ali você pega a melhor pra você.

    5 – Trabalho com computador ao lado, deixo uma provinha de aberta e nos intervalos vou responder de boassssss…. você nem sente… respondo ate comendo um pão.

    É isso, é muito bom estudar com aquela vontade, sem aquela tortura que a maioria das vezes só faz com que você desista de tudo, como já fiz várias vezes.

    Sou formado em Analise e Desenvolvimento de Sistemas.

    Quero passar para POLÍCIA CIVIL, e o topo da minha piramide é a POLÍCIA FEDERAL.

    #cabou

  • Muito obrigado pela dica Carol! Esta dica que parece “óbvia” realmente ajudou muito, pois sinceramente, Direito Constitucional é difícil de “descer” em… hahaha ainda mais quando o objetivo é letra da lei

    • Obrigada, Edi :)
      Sim, por mais óbvio que possa parecer hehe :)

  • Antonio Melo

    Carol, parabéns pelo seu blog. Gostei das dicas, estou começando agora a prestar concurso, qual o nome do livro que você utiliza para estudar administração em geral, esse que utilizou de exemplo?

    obrigado!

    Antonio.

    • Oi, Antonio!
      Muito obrigada :)
      Este é o TGA do Idalberto Chiavenato.

  • Matheus Robalinho

    Boa noite Carol!

    Me ajude se possível a sanar uma dúvida, estou tentando aplicar a tática dos feras a um concurso público militar, que contém no edital (português, matemática, história e geografia), você acha que funcionaria dessa maneira: eu pego as últimas 5,6 provas, seleciono todas as matérias que caíram nelas, e estudo exclusivamente eles? To tentando adaptar, você conseguiria agregar alguma coisa, me ajudando?

    Fico no aguardo.

    Desde já, obrigado!

    • Sim, Matheus, de preferência! Mas faça questões similares de outras provas, também.
      :)
      Abraços!

  • Kelly Sene

    Oi Carol, que site maravilhoso, que pessoa linda que você é!! Obrigada por compartilhar tanta coisa boa!! Assino embaixo da mensagem da Manu. Gostaria de saber se funciona aplicar essa tática para para qualquer matéria, por exemplo, para português eu posso usar uma gramática básica para concursos e ir assinalando nela as questões que for resolvendo nos sites? Outra questão, vc poderia indicar livros para as áreas do direito para usarmos a tática dos feras? Estou usando uma apostila, dessas de preparatório on line mas observo que falta muita coisa. Muito obrigada!! Tudo de bom, sempre!!

    • Oi, Kelly :)

      Muito obrigada!
      Bem, a TdosF funciona para toda matéria, mas existem aquelas para as quais ela funciona mais e aquelas para as quais ela funciona menos. Funciona mais para atos normativos e assuntos que exigem memorização; funciona menos para matérias que exigem raciocínio, como Português.
      Quanto à sua segunda pergunta, seriam livros para que área do Direito?
      E quanto às apostilas: realmente não são bacanas. Vá de aulas em PDF! São melhores.
      ;)
      Abraços!

  • Por nada, Kelly ;)
    Constitucional: o do Pedro Lenza OU o do Marcelo Alexandrino e Vicente Paulo
    Administrativo: o do Marcelo Alexandrino e Vicente Paulo
    Previdenciário: não indico livro; indico as aulas em PDF do Ali Mohamad Jaha, no Estratégia – ele é excelente!
    Eleitoral: nunca estudei
    Abraços!

    • Kelly Sene

      Carol, muito obrigada pela atenção!! Esqueci de perguntar por gramáticas, qual ou quais vc indica para concursos?! Muito obrigada!!

      • Oi, Kelly!
        Fernando Pestana! :)

        • Kelly Sene

          Obrigada Carol e tudo de bom!!

  • Heeey, Kelly, muito obrigada :)
    A Duda é ótima, gosto do livro dela (não é, entretanto, uma gramática, mas sim livro de teoria) :D
    Muito obrigada pela dica do Tiny Little Things! Já comecei a seguir :D

  • Romeu Marques Oliveira da Cunh

    Carol parabéns pelo excelente site! Cai aqui totalmente por acaso. Estudo há muito tempo para concurso, nesse caminho já trabalhei no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, na Receita Federal e hoje sou Fiscal da Receita Estadual-SP. Achava que já havia visto tudo acerca de técnicas de estudos, eis quando tive a grata surpresa de descobrir o seu site. Técnicas de estudo melhoram sobremaneira o rendimento. Enfim, estou lhe escrevendo para parabenizá-la pelo ótimo conteúdo apresentado aqui. É raro ver um material de qualidade como o seu sendo disponibilizado sem custo, por isso lhe parabenizo duas vezes: uma pela qualidade e outra por você não cobrar nada (não que seja pecado cobrar, longe disso ;-)). Abç Romeu

    • Oi, Romeu!
      Yay, muito obrigada :) :)
      Fico muito feliz por ler mensagens bacanas assim ;)
      Obs.: eu também ajudo com curso pago (em outros sites), mas mesmo assim decidi ajudar com material gratuito e de qualidade, pelo Esq hehe!
      Abraços!

  • Ícaro Cardoso

    Olá!! :)

    Estou neste luta dos concursos! E gostaria de saber se isto tomaria muito tempo dentro dos ciclos de estudos.

    • Oi, Ícaro!

      Não se você souber quando aplicar a TdosF e quando não aplicar ;)

      Aprovação não é sobre quanto MAIS você estuda, mas sim quanto mais você consegue EXCLUIR.

      Abraços ;)

  • Danilo Pianco

    O que mais me impressiona Carol não é nem as técnicas ensinadas, ou a forma extremamente didática na qual o assunto foi abordado, mas o fato de vc responder 100% dos comentários. Parabéns!!!

    • huaauhahuauh! Obrigada, Danilo! :)
      Eu me importo com cada pessoa que entra aqui ;)
      Abraços!

  • Vanildo O Marques

    Excelentes Dicas, muuuuuuuuuuuito obrigado mesmuuuu!!!! Sucesso hein menina!

  • Olá, Anderson! Qual material gostaria de receber? Abraços!

  • Oi, Vanusa :)
    Muito obrigada! Fico muito feliz por saber que pude ajudar ;)
    Abração!
    Carol ;)

  • Obrigada pela mensagem! Abraços! :)

  • Chris Santos

    Carol, mais uma vez, obrigado por mostrar a luz no fim do túnel para nós, concurseiros de carteirinha, rsrsrs! Só eu sei como eu O-D-E-I-O ficar lendo a lei seca, repetindo os mesmos artigos o tempo todo, parecendo que não estou saindo do lugar hora nenhuma. Agora, com essa dica, vai ficar até mais agradável a leitura, pois estarei combinando a teoria com a prática, o que é essencial para a aprovação, e o que mais nos falta quando estamos lendo a letra da lei pura e simplesmente.

    Valeu, Carol, e até a próxima!

    • Oi, Chris! Muito obrigada pela sua mensagem! Abraços. :)

  • Maria Lúcia Lemes Dos Santos

    Carol oi! por favor me tira essa dúvida senão incomodo… farei o concurso do IFNMG para técnico em informática a banca e a FUNDEP e no edital tem por exemplo a lei 8.112 e procurei questões sobre ela no Tecconcursos e não achou nada, então posso presumir que a banca não coloca questões da lei 8.112 nas provas dela ?

    • Não, Maria Lúcia! Se está no edital, provavelmente vai cair. Faça questões de outras bancas!
      :)
      Abraços!

  • Oi, Camila!
    Para usar a TdosF sim, você precisa de material impresso ou PDF. Para vídeos, leia este artigo: http://esquemaria.com.br/videoaulas-mais-rapidas/

  • Oi, Erica!
    Aqui aparece que você se cadastrou ontem umas 20 vezes hahaha! Obrigada! Bem, às vezes demora até um dia para você receber o primeiro e-mail. Se não for isso, as mensagens devem estar indo para sua caixa de SPAM… Abraços!

  • Obrigada, Daniela :D

  • Por nada, Menades ;)

  • Oi, Bruna!
    Eu sou designer, por isso as fichas ficam daquele jeito! Sugiro que você as faça com papel e lápis de cor, como ensino aqui: http://esquemaria.com.br/exemplos-mapas-mentais-fichas-estudos/.
    RLQ e matemática: teoria + MUITOS exercícios de fixação!
    Material: não é bacana para essas matérias. Procure uma videoaula (e olha que eu geralmente indico PDFs, mas, nesse caso, com o vídeo você aprenderá mais rápido).
    :)
    Abração!

  • :)

  • Que bom que pude ajudar, Poliana :)
    Abraços!

  • Obrigada, Emanuelly, e obrigada pela sugestão! :)
    Quanto ao programa de PDF para computador, eu posso te ajudar com esses dois links de conteúdo que eu fiz sobre o assunto: http://esquemaria.com.br/5-truques-acrobat-reader-para-estudar-pdf/
    https://www.youtube.com/watch?v=SgLu7H1EQQQ
    Abraços ;)

  • Oi, Brenda!
    Nesse caso, a saída é estudar por outras bancas! A tendência das bancas menores é copiar as maiores. Eu indico Cespe e FCC!
    Não é ideal, mas é o que temos… :)

  • Por nada, PH!
    Da banca, com base no que cai para seu cargo Ç)

  • Oi Rogério!
    Muito obrigada!
    Este vídeo vai te ajudar na questão do PDF: https://www.youtube.com/watch?v=SgLu7H1EQQQ
    :)
    Tópicos de GP que mais caem: você vai ter que pesquisar ahahahahah! Não tenho isso pronto…
    Abraços!

  • Oi, Bruno! Dê uma olhada neste vídeo que fiz sobre o tema: https://www.youtube.com/watch?v=SgLu7H1EQQQ

  • Exatamente, Margot! Quando você faz fichas para TdosF, você dá maior peso ao que é cobrado em maior escala.
    Abraços!

  • Obrigada, Fernanda! Eu ficarei realmente feliz se vc colocar na prática :D

  • Sim, Gabi! Só que depende da matéria. Lembre-se: assuntos de memorização, atos normativos… :)

  • Costa Criações

    Ótimas dicas! Usei-as no concurso do INSS e fez muita diferença. Linda iniciativa de ajudar-nos com dicas para concursos!

  • Vixe, não conheço hehe… sorry!

  • Muito obrigada, João :)

  • Sim! Sem dúvidas :)

  • Obrigada, Yasmin! Vou editar o artigo com sua sugestão, sem dúvidas.
    Vale, entretanto, fazer uma observação: o QC sempre fez essa limitação. E não é um absurdo, é um serviço, e eles que devem definir como oferecem o próprio serviço. Escolher entre o QC ou outras opções é uma decisão que cada um deve tomar, com base nas necessidades pessoais.
    O serviço pago é excelente para quem quer ir além. Faço propaganda gratuita para o QC, porque eu gosto muito, sou grata pelas questões e sou grata por eles terem sido parte de minha aprovação! ;)

  • Que massa, Maria :)
    Boa jornada para você :)

  • Muito obrigada, Cí! :)
    Muito legal sua dúvida! Vamos lá: eu gosto de café. Tomo café pelo menos 3 vezes ao dia. É provável que algum dia eu escolha tomar um iogurte ou um suco? Sim! Mas é raro.
    Vá pela banca. Não pelas provas só do seu cargo, não: pelas provas da banca!
    ;)
    Showzitcho?
    Abraços!

  • Não! No BACEN vá usando Cespe e os dois últimos editais ;)

  • Oi, Francielle!
    Faça mapas mentais só se realmente for necessário!
    Dê ênfase às partes com mais marcações ;)

  • :D

  • Muito obrigada pela dica, Matheus :)

  • Oi, Vinicius :)
    Muito obrigada ;)
    Eu estudei pelo livro do Pedro Lenza. É bem denso, mas, quando você pega o jeito, é um livro excelente para provas do Cespe. Não conheço o do Luciano.
    Um abraço!

  • Hey, Estevao! Muito obrigada pela dica! O Aprova é massa, mesmo! Vou acrescentá-lo ao artigo. Gracias ;)

  • Legal, Paula! :)
    Obrigada :D

  • Muito obrigada, Estevao :)

  • Oi, Ana!
    O Ciclo de Estudos faz parte do planejamento disso tudo! Dentro de cada parte do Ciclo, você pode incluir as técnicas aprendidas ou não (isso vai depender da necessidade que você terá em cada conteúdo).
    :D
    Abraços!

    • Ana Carolina Medeiros

      Obrigada querida! Vou colocar em ação!

  • auhhuahuahuahua :*

  • Boa prova :)

  • Olá, Raissa!
    O detalhe da múltipla escolha: nem sempre você aplicará TdosF para TODAS as alternativas. Você deve aplicar a TdosF para as alternativas que vc estiver estudando naquele momento. Isso porque você verá em algumas das letras assuntos que não cairão na sua prova (porque o SEU edital não cobra) e também verá assuntos que ainda não estão no momento certo de estudar.
    Por exemplo: você está estudando atos administrativos e na mesma questão cai uma alternativa sobre contratos públicos… você só vai estudar contratos públicos lááá para frente, então esse não é o momento de aplicar a TdosF para essa questão :)

  • Olá, Ana!

    No seu caso, como você não tava estudando antecipadamente para esse concurso, eu faria assim:
    1. Aplicaria a Tática dos Feras para toda e qualquer legislação que for cobrada em seu edital. Essa é uma técnica muito bacana e eu explico como ela funciona lá no Esquemaria. O link para o artigo é esse daqui: http://esquemaria.com.br/tatica-feras-estudar-teoria-questoes/
    2. Faria exclusão de conteúdo inútil utilizando a técnica de Pareto e Parkinson. Dessa forma, você não precisará estudar toda a teoria e poderá focar no que realmente importa.
    3. Faria mapas mentais e fichas de estudo do conteúdo que eu considerasse muito (muito mesmo) importante. Links sobre essas técnicas: http://esquemaria.com.br/mapas-mentais/ e http://esquemaria.com.br/exemplos-mapas-mentais-fichas-estudos/
    4. Faria uma infinidade de exercícios. =D

    Lembrando (quem me acompanha sabe muito bem disso) que eu bato sempre na tecla da individualização do estudo. Você deve, sempre que necessário e possível, adaptar (ou até mesmo não utilizar) as diversas técnicas de estudo disponíveis. Então, essas dicas dadas por mim podem ser muito boas, mas somente você saberá o impacto que elas terão no seu estudo. =D

    Qualquer dúvida, é só me perguntar.

    Abraços!

  • Olá, Larisse!

    Para o TCU, eu estudei por 7 meses, mais ou menos, umas 6h por dia.

    Obrigada pelos elogios!

    Abraços!

  • Hey, Yasmin!

    Isso é verdade, mas o QC tem os próprios motivos para fazer uma limitação dessas. Por outro lado, há diversas opções de sites que oferecem serviços parecido para que possamos escolher o que é melhor para cada caso. ;)
    No fim, nenhum serviço vai ser perfeito. hehehe

    Abraços!

  • Hey, Tyago!

    O início é lento mesmo, mas com o tempo se pega o ritmo. ;)

    Abraços!

  • Olá, Adriano!

    Obrigada pelo elogio! =D

    Agora vamos à sua dúvida!

    Bom, você não deve usar um número de provas para descobrir qual é o conteúdo mais cobrado. Utilize número de questões de uma mesma banca. Você pode utilizar em média umas 400 questões para ter ideia do que é mais cobrado, ok? Sites como o Qconcurso ajudam bastante nessa tarefa. ;)

    Abraços!

  • Olá, Juliana!

    Você irá fazer questões de qualquer nível de escolaridade, ano, cargo, órgão… você apenas vai focar na banca, ok?

    Abraços!

  • Por nada, Adriano! =D
    Abraços!

  • Por nada, Luíza! ;)

    Abraços!

  • Sim, Rebecca! =D Mesmo que o gabarito esteja errado, a banca está cobrando o entendimento daquele determinado artigo. ;)

    Abraços!

  • Por nada, Susu!

    Abraços! ;)

  • Hey, Xará! =D

    Que ótimo que você gostou do conteúdo aqui do Esq! Aproveite tudo por aqui, ok?

    Bom, para APU, eu indico a aula do Rafael Encinas do Ponto e livro do Chiavenato. :)

    Abraços!

  • Olá, Nanda!

    A verdade é que nenhuma técnica, isoladamente, fechará todas as lacunas da prova. Você não encontrará uma única técnica mágica que irá te entregar todo o conteúdo que será cobrado em prova, até porque não existe mágica quando se fala em aprovação. A Tática dos Feras é uma técnica que te mostrará o que tem mais chance de ser cobrado e garantir uma porcentagem da prova com isso. Você tem que estudar todo o edital, mas com o foco extremamente voltado para o conteúdo mais cobrado. De qualquer forma, é preciso mesclá-la com outras técnicas para saber, por exemplo, o que cai pouco, mas, ainda assim, é importante. ;)

    Abraços!

  • Obrigada, Andrey! =D

    Abraços!

  • Olá, Thalita!

    Se você estiver começando a matéria do zero, é uma boa ideia começar pelas questões. Ver o assunto em um edital e procurar uma pergunta, uma questão sobre aquele assunto vai te ajudar a estudar com objetivo. Para você aprender alguma coisa, você precisa ter um CLARO objetivo em mente. Do contrário, você já iniciará um assunto novo estando perdidão por aí… E nada mais objetivo do que as questões. ;)

    Abraços!

  • Olá, Lorena!

    Agradeço (e muito) os elogios! É gratificante saber que você conseguiu tirar valor (nem que seja mínimo) das dicas aqui do blog! =D Aproveite todo o conteúdo aqui do blog, combinado?

    Agora, vamos a suas dúvidas!

    “Na resolução de questões, devo considerar apenas aquelas relativas ao cargo que almejo ou não necessariamente?”
    Não considere apenas questões de cargos, órgãos ou carreiras. Você utilizará todo o universo de questões da banca, mesmo que seja para um órgão diferente daquele para o qual você fará a prova.

    “Ah, outra coisa, vale a pena fazer questões de outras bancas ou é melhor focar só naquela que vai realizar o certame?”
    Depende. =D O ideal é que você se mantenha somente no universo de questões da banca que elaborá a sua prova. Contudo, se não houver muitas questões dessa banca disponíveis, você pode expandir o seu universo para outras bancas (bancas que façam questões mais ou menos no mesmo estilo da banca do seu concurso).

    Abraços!

  • Olá, Carol!

    Eu não confio em apostilas. De forma alguma. Sou fã mesmo das aulas em PDF. hehe As aulas em PDF são feitas por professores especializados em aulas em PDF (com linguagem mais simples, clara e didática). As apostilas são apenas compilações do conteúdo que professores de cursinhos dão em salas de aulas, e a elas faltam clareza, didática e, principalmente, questões comentadas. Por isso eu prefiro aulas em PDF a apostilas… =D Vá de aulas em PDF, porque a garantia de qualidade é maior.

    Abraços!

  • Olá, Karinne!

    Primeiramente, muito obrigada pelos elogios! =D Fico muito contente em saber que você gostou das dicas aqui do Esq e, principalmente, da minha história. Espero que você consiga tirar valor de tudo o que você aprender aqui. ;)

    Agora, vamos a suas dúvidas!

    “Gostaria de saber se posso usar a Tática dos Feras desde o início da minha preparação, tendo em vista que escolhi não focar em um cargo em específico?”
    Simmm. A TdosF é uma tática que vai te ajudar a encontrar qual é considerado o conteúdo mais importante pela banca. E isso independe de cargo, órgão, ano, nível de escolaridade… Pode aplicar sem medo.

    “Aproveitando, queria sua opinião acerca dos materiais que já possou:”
    “- D. Administrativo e Constitucional do M. Alexandrino e V. Paulo;”
    Ótimos livros. Super indico. ;)

    “- Português para concursos do Renato Aquino ;”
    Eu não conheço o livro do Renato Aquino, por isso não saberia te dizer se ele é realmente bom. Todavia, os livros que eu sempre indico são o do Décio Sena e o do Fernando Pestana.

    “- T.G.A. do Chiavenato;”
    O Chiavenato é fera. Eu sempre o indico quando o assunto é administração.

    “- e um pacote de matérias básicas do Estratégia (PDF/vídeo/áudio).”
    Tanto o Estratégia quanto o Ponto possuem materiais de muita qualidade. Pode ter certeza que, se você comprar algum material de algum dos dois, você estará adquirindo algo de bastante qualidade. Se você quiser, pode comprar o material voltado para o concurso que você estiver estudando. ;)

    Abraços”