15 erros que te impedem de ter sucesso nos Concursos Públicos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

Como toda pessoa criativa, eu gosto muito de ler e, lendo um artigo em inglês de um dos blogs que eu mais gosto de seguir (sobre investimentos), decidi fazer uma adaptação deste artigo para a realidade do concurseiro – o concurseiro que comete erros de mentalidade. O texto original é este: 15 things you should give up to be successful.

É claro que os americanos não têm a mesma cultura de concursos públicos que os brasileiros, por isso, no contexto dos estudos, a coisa fica ainda mais séria. As pessoas pensam que existe mágica para se passar, e que essa mágica pode ser aprendida ao se pagar por um profissional de coaching, ou por um curso de preparação para concursos.

Na realidade, trocar dinheiro por um serviço é a parte fácil. A parte que os verdadeiros aprovados fazem – considerada difícil – é entrar em ação (de verdade, e com tudo). Muita gente me procura como quem procura um pai de santo: “Carol, ajude-de pelo amor de Deus… como eu estudo para concursos públicos?”. Eu sinto muito, mas essa não é a pergunta certa a ser feita. “Como estudar para concursos públicos” é uma pergunta complexa, e, em uma resposta rápida, tudo o que eu posso falar é: “leia o meu blog”.

Leia.

Eu digo logo: se você tem preguiça de ler, você não serve para ser concurseiro. Não tenho medo de falar algo assim, no duro, porque essa é a verdade. Vejo muitas pessoas me perguntando coisas que estavam escritas ou que estavam na cara delas, porque elas acham que perguntar é mais fácil do que ler.

Não existe sucesso sem esforço.

E é aí que entram os erros que você deve deixar de lado para ter sucesso nos concursos públicos. Vamos conhecê-los!

Erro #1. Usar máscaras

Existe um medo pior do que o medo de ser rejeitado?

Já vi muito concurseiro cometendo o erro de usar máscaras para parecer algo a alguém e perder qualidade de estudos, por isso. Quer alguns exemplos?

  • Situação #1: é o momento de você descansar e você decidiu assistir a algum filme, por exemplo. Você decide, então, ver o filme no computador, porque tem medo do que os outros podem pensar se entraram e virem você vendo algo na TV. Quando isso acontece, você fica com a impressão de que está fazendo algo escondido, e não consegue, realmente, descansar.
  • Situação #2: você acabou de fazer uma prova e foi mal para caramba. Alguém te pergunta como foi na prova e você responde “fui bem, fui bem”. A pessoa pergunta quanto você tirou e você responde: “70 pontos”, mas, na verdade, tirou 35. Tudo bem mentir para um chato de galocha que só quer te encher a paciência, mas você não deve se envergonhar de sua nota quando alguém que queira o seu bem te perguntar. Quando você se abre para uma pessoa do bem, fica mais fácil para você mesmo aceitar a nota baixa e correr atrás de uma nota melhor, no próximo concurso. Dessa maneira, você vai pensar menos em “vou ter que esconder minha nota de novo” e mais em “dessa vez, minha nota vai ser melhor”.
  • Situação #3: você fica de papo furado com um colega no cursinho só para “não perder a amizade”. Nessa onda, você perderá conteúdo relevante. Não se sinta na obrigação de conversar na hora da aula e mentir para si mesmo com a ideia de que “é porque você quer manter a amizade”.

Tenha a coragem de derrubar suas máscaras e construir um estudo de qualidade.

Quem usa máscaras não acredita realmente que pode passar. E só existe um tipo de perdedor: o que desiste.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, você deve se livrar de sua máscara. (Tweet isso)

Para entender em que momento você mente para os outros e para si mesmo, procure entender suas fraquezas. Descobrindo essas fraquezas, você descobrirá em que aspectos deve ser corajoso para enfrentá-las, tratando-as com a verdade. A verdade, então, derrubará suas máscaras e te fará enfrentar os desafios.

Erro #2. Viver no futuro

Algumas pessoas me apedrejariam por falar que “viver no futuro é um erro”, afinal, “temos de pensar no futuro”.

O lance com as crenças populares é que elas generalizam demais, e as pessoas acabam chegando a conclusões erradas. É claro que você tem de pensar em seu futuro, mas é certo que você tem que visualizar o seu futuro e trazê-lo, passo a passo, para o presente.

Por exemplo: você quer passar em um determinado cargo “X”. Então, pense em todos os passos que você terá de percorrer para alcançar isso, só que de trás para frente, assim:

Desconstruir o futuro para chegar ao presente.

Ou seja, você deve desconstruir o seu futuro em benefício do seu presente.

O sucesso depende do que você faz agora, e o futuro é apenas consequência de suas atuais decisões e ações.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, você deve se livrar de seu futuro e viver o seu presente. (Tweet isso)

Um outro post que pode te ajudar no processo de desconstrução é este: [Infográfico] O que os heróis podem te ensinar sobre como estudar para concursos públicos DO ZERO ABSOLUTO.

Erro #3. Ceder à Síndrome do Pokémon Shiny

pokemon-Shiny

Eu comecei a jogar Pokémon muito depois de ficar adulta, depois de comprar um Nintendo 3DS, e, é claro, o jogo Pokémon Y, mas eu me lembro muito bem que um dos (inúmeros e difíceis) conceitos que eu entendi primeiro foi o do Pokémon Shiny.

O Pokémon Shiny é um tipo de Pokémon muito difícil de capturar, mas que faz basicamente o mesmo que os Pokémons comuns. O que diferencia um Pokémon Shiny de um Pokémon comum, geralmente, é a cor.

Ok? E daí?

Daí que, enquanto você tenta passar em vários concursos ao mesmo tempo, você está meio que tentando capturar um Pokémon Shiny – e isso te faz perder o foco no jogo.

Funciona assim:

Desvio de foco

– Para ter sucesso nos concursos públicos, você deve se livrar da Síndrome do Pokémon Shiny. (Tweet isso)

Comigo aconteceu assim: comecei a procurar demais pelo Pokémon Shiny e o jogo ficou muito extenso e cansativo – nunca cheguei realmente a terminar. Nos concursos, funciona da mesma maneira: você começa a se cansar de estudar tanto (e já estudou, realmente, mas para cargos de concursos muito diferentes entre si), e acaba por desistir. E desistir por falta de foco é dar muito mole.

Erro #4. Buscar aprovação dos outros

Esse aqui está conectado ao erro #1! Você sabota o seu sucesso para viver os sonhos de outras pessoas – e acaba por não atingir suas metas pessoais.

Já conheci inúmeras pessoas assim: “vou fazer concurso para a área policial porque minha família tem uma geração de policiais”, ou “vou fazer para a área administrativa porque meu pai não quer que eu seja policial”.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, você deve se livrar da necessidade de ter aprovação dos outros. (Tweet isso)

Aprenda a tomar suas próprias decisões.

Erro #5. Entender reprovação como fracasso

As pessoas que estudam para concursos tendem a acreditar que por não terem passado em uma prova elas nunca passarão em um concurso. O que eu devo informar é que os que passaram não acreditaram nisso.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, você deve se livrar de entender “reprovação” como “fracasso”. (Tweet isso)

Outro erro parecido é encontrar dificuldades no meio do caminho (com a família, com os amigos, com o próprio conteúdo do concurso) e desistir. Tenha a convicção de que são centenas, se não milhares de pessoas por vaga. Errar e reprovar em concursos públicos é a regra, com esses números, e o seu objetivo é trabalhar para que você se torne, um dia, uma das exceções.

Erro #6. Querer distinguir a sua vida pessoal de sua vida como concurseiro

Já ouvi muita gente dizer o seguinte: “Facebook é para a família, para os amigos… Não tem nada a ver usar Facebook para estudar”.

É a típica pessoa que usa o Facebook contra ela mesma, enquanto poderia usar a favor.

No Face, existem várias comunidades em que as pessoas se ajudam de inúmeras maneiras: trocando material, trocando informações, trocando questões…

O mesmo acontece na vida pessoal, como um todo. O seu assunto principal passará a ser concurso público, agora, e negar isso em uma roda de amigos é negar sua atual natureza.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, você deve estar lá com seu coração e sua alma. (Tweet isso)

Erro #7. Relutar para pedir ou aceitar ajuda

Não consegue pedir/aceitar ajuda

Erro triste!

Seja humilde para saber que você – NUNCA – vai saber de tudo. Se você tem alguma dúvida, pergunte, exponha-se. Hoje, vivemos em uma comunidade virtual incrível, e existem vários fóruns de qualidade para que você possa encontrar pessoas que sabem mais do que você e estão dispostas a ajudar.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, você deve se livrar da relutância em pedir ajuda. (Tweet isso)

Erro #8. Querer eliminar suas fraquezas

Mais um erro ligado ao erro #1.

Quando você tenta consertar suas fraquezas, você tenta mudar para entrar em um ciclo desastroso. Em suma, é a sua essência que é destruída para você tentar ser o que não é, para você diminuir seus valores.

Ao invés de querer diminuir suas fraquezas, enfatize suas forças.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, enfatize suas FORÇAS. (Tweet isso)

Erro #9. Querer ser perfeito

Querer ser perfeito

De acordo com o Income Diary, perfeccionismo é baseado na falsa crença de que se nós fizermos as coisas perfeitamente poderemos evitar falhas.

Falhas e riscos, por mínimos que sejam, sempre existirão. Viva com isso.

Geralmente, as pessoas que estão aqui são aquelas que pensam o seguinte: “para passar no concurso, eu tenho que acertar 100% das questões”. Quando as pessoas jogam dessa maneira, elas acabam se demorando demais em muitas matérias, para atingir “100% de acertos”, e não conseguem estudar o que realmente devem estudar a tempo.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, deixe de querer ser perfeito. (Tweet isso)

Lembre-se sempre da seguinte máxima: feito (bem feito) é melhor do que perfeito.

Erro #10. Ceder à Síndrome do Encolhimento

Eu vejo isso acontecer diariamente: as pessoas não acreditam ser capazes. Acham que são pequenas demais para concorrer com outras pessoas.

Quer ver algumas das frases que essas pessoas falam?

  • “Será que concurso público é para mim?”
  • “Eu não tenho competência para isso…”
  • “Eu não consigo…”
  • “Esse concurso é de gente grande – deixe eu começar por baixo, que é melhor.”
  • “Eu vou estudar para esse concurso quando passar em um outro menorzinho.”
  • “Nunca que eu conseguiria passar em um concurso desse nível.”
  • “Existe gente estudando para este concurso há muito mais tempo.”
  • “Eu não tenho chances.”

– Para ter sucesso nos concursos públicos, aposte alto: aposte em você. (Tweet isso)

Erro #11. Depender de força de vontade

Já ouviu aquela frase “de boas intenções o inferno está cheio”. Pois bem. É aqui que estão os concurseiros da força de vontade: eles têm vontade de passar; eles têm vontade de ter uma vida melhor; eles têm vontade de ter maior segurança; eles têm vontade de ganhar bem.

Parece que a única vontade que falta é a de colocar ação nessa receita.

Não adianta apenas planejar ou visualizar o futuro, se você não agir HOJE, AGORA, para alcançar suas metas.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, você tem que AGIR em busca desse sucesso. (Tweet isso)

A imagem a seguir explica bem como deve ser sua ação: fazer o que as outras pessoas não têm coragem. Agir. Vontade todo mundo tem, mas para atingir suas metas você deve agir – o que a maioria não faz.

Faça o que a maioria tem medo

Erro #12. Distribuir macroculpas

Macroculpas são aquelas culpas que as pessoas colocam nos outros.

Nos concursos públicos, algumas pessoas têm o costume de culpar todo mundo por não passarem. Elas ficam desapontadas, chateadas, aborrecidas com:

  • os pais;
  • o marido ou a mulher;
  • os filhos;
  • o governo;
  • a economia;
  • a mídia;
  • o patrão;
  • o empregado.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, você deve preferir AGIR a reclamar. (Tweet isso)

É claro que você não é 100% responsável por sua aprovação/reprovação, mas colocar todo o peso de suas reprovações no mundo ao seu redor não vai adiantar nada. Reclamar só vai te tornar um reclamão – ponto.

Tenha em mente que você é responsável pelo seu destino, então, o que você faz hoje define o que será de você amanhã. Quanto às ameaças externas: trabalhe com a convicção de que elas nunca deixarão de existir, mas também com a convicção de que você nunca deixará de alcançar suas metas por conta disso.

Erro #13. Ser o espertalhão

O espertalhão é aquele cara que sempre quer estar certo e por cima.

O problema de ser espertalhão é que você sentirá um ego tão alto a ponto de não passar por achar que está acima dos outros: professores, colegas, concorrentes, bancas…

Em outros casos pode até ser que não, mas, para passar em concursos públicos, humildade deve ser um lema.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, seja humilde para saber que você não sabe tudo. (Tweet isso)

Erro #14. Tentar a sorte

Marcando o gabarito – sorte ou estudos?

Esse é o famoso “vai que passa?!”.

O concurseiro que trata o concurso público como sorte está longe de atingir altos níveis de acertos.

Ele usa as técnicas de chute, mas quer abusar delas. Ele usa as técnicas de estudos, mas sem quantidade suficiente para atingir um bom resultado (por exemplo: usar a Tática dos Feras com 10 questões apenas e achar que está tudo bem).

Ser aprovado em concursos públicos requer: conhecimento, habilidades e atitudes (o famoso CHA). Ou seja, não adianta ter conhecimento sem usar habilidades… não adianta usar habilidades sem entrar em ação (tomar atitudes). Basicamente, um não funciona sem o outro.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, é preciso FOCAR, PLANEJAR e AGIR. Não tem nada a ver com sorte. (Tweet isso)

Erro #15. Gabar-se do sucesso de uma pessoa só

As versões de sucessos de outras pessoas são vistas de maneira errada por certos concurseiros.

Geralmente, esses concurseiros que se gabam do sucesso dos outros tendem a querer seguir tudo o que alguém fez para atingir determinado objetivo, mas não pensam se aquilo pode ou não funcionar para eles mesmos.

Por exemplo: o concurseiro vê que alguém passou usando vídeo-aulas – e então, a pessoa se entope de vídeo-aulas, sem saber que essas aulas foram apenas uma parte da estratégia de quem passou.

Diversidade no uso dos métodos de estudos

O lance é que sucesso depende de muitos fatores, e você não é igual a ninguém. É claro que você deve pesquisar, saber como funcionou para vários concurseiros, entender as técnicas e táticas das pessoas, mas, no final, é a sua criatividade de estudos que vai contar.

– Para ter sucesso nos concursos públicos, é preciso adequar os erros e sucessos dos outros à sua realidade(Tweet isso)

Agora é com você

Você comete ou já viu alguém cometendo um desses erros?

Você está preparado para alcançar seus objetivos e entrar em ação hoje?

Comente ;)

Eu adoro ler os comentários e até respondo a maioria deles.

Abraços,

Carol.

 

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×
  • Esse foi o comentário mais bacana de todos, Alessandro! Muito obrigada por deixar sua mensagem de carinho, por aqui ;)
    Realmente apostilas são uma furada (pelo menos para a grande maioria), mas algumas pessoas conseguem passar estudando por elas…
    O ideal é tratar cada matéria de modo diferente. Cada matéria tem uma geometria, um modo a ser estudada.
    Obrigada, que sua vida também seja iluminada e completa. Abraços!

  • Débora

    Carol, parabéns pelo blog. Fiquei feliz que você voltou a postar!!! Adoro as coisas que você escreve!!

    • Obrigada, Débora ;)
      Você provavelmente verá mais posts, por agora. Abraços!

  • Fernando_bsb

    Carol, gostei muito do artigo sobre os 15 erros que impedem de termos sucesso em concursos públicos.
    Você escreve bem e consegue cativar o leitor.
    Talvez se lembre de mim. Troquei várias mensagens com você no fórum do correio web. Sou o Fernando/DF lá. Após passar no concurso da Anac (primeiro lugar), continuo firme em busca da classificação no TCU (Auditor). Seus artigos e dicas para estudo são excelentes. O seu blog é muito organizado. Parabéns pelo trabalho. Continuarei a acompanhar seus artigos. Abraço!
    Fernando Maeda

    • Maravilha, Fernando!
      É uma honra te ver por aqui ;)
      Sim, somos companheiros de fórum! :)
      Bons estudos!

  • Igor Costa

    Essa dica 15 é ótima. Muitas vezes ficamos meio confusos, já que cada um fala um método. Consegui fazer uma mescla de técnicas recentemente e que estão me ajudando bastante. É muito cansativo e puxado, mas tá valendo a pena, pude ver a melhora no meu desempenho e deu uma gás maior. Com muito trabalho, perseverança e fé em Deus, tudo se ajeitará. Sou muito fã do seu blog e faço questão de sempre ler cada postagem, valeu mesmo pelo seu trabalho. Que Deus abençoe e te retribua com o Céu.

    • Obrigada, Igor!
      ;)
      A dica 15 é, realmente, excelente!
      Abraços! :)

    • Obrigada, Igor! A dica 15 é realmente muito bacana :)

  • Italo

    Carol, post muito bom. Meus erros são 1, 5 e o 8… Depois do post dos super heróis aprendi bastante. Não me recordo se comentei, se já, reforço aqui, é ÓTIMO, estou na Aproximação da Caverna Profunda. Parabéns e obrigado por nos ajudar nessa luta. Abraços.

    • Obrigada pela mensagem, Italo!
      Por nada ;)
      Mantenha-se firme!
      Um abraço!

  • Obrigada, Camila!
    É comum a auto-sabotagem, mas perceber como nos sabotamos nos ajuda a estudar melhor :)

  • Obrigada, Joyce ;)
    Que bom! :D

  • Obrigada, Flávia! :)
    É verdade ;)
    Eu procuro falar em uma linguagem tranquila e fácil de ser entendida :D
    Abraços! Obrigada MESMO por sua mensagem :D

  • Hahahahah! Que bom! Exemplos com Pokémon e coisas do tipo são mais fáceis de entender, por isso eu sempre trago esse tipo de coisa hehehe
    Ótimo, legal você ter se identificado, porque daí fica mais fácil trabalhar para superar os erros.
    :)
    Abraços!

  • Hahaha, obrigada, Murilo!
    Utilidade pública, indeed ;)
    :)
    Abraços! ;)

  • Hehe, obrigada, Adiel!
    Agora, faça chuva ou faça sol, haverá mais posts, no blog.
    ;)

  • Obrigada, Diego!
    Fico muito feliz com mensagens como a sua. Obrigada mesmo.
    :)

  • Icaro Antoniel

    Ola Alessandro, também concordo com você “cada é cada pessoa” a diversas formas de atingir o objetivo, mas há algumas que se encaixam melhor no perfil de cada um. E como e bom saber que há pessoas com que sabem aliar a AÇÃO com a FÉ, eu já sou muito religioso, participo da Renovação Carismática Católica desde criança, e realmente essa aliança pode sim alcançar níveis grandiosos, porque sei que em meio aos estudos o mais importante é Deus, e o resto vem em acréscimo. Que nosso Senhor Jesus Cristo e nossa Mãe Maria sempre passe a frente e abençoe a todos nessa jornada, rumo ao que Eles tem preparado para cada um de nós.

    E Carol sempre continue com essa força a motivar,a ajudar e a ensinar, pois não há dinheiro que compra essa generosidade !

    abraços
    Paz e bem !

  • gustavoverneque

    Eita…. to fazendo tudo errado!!!! rs quase tudo…. Vamos começar a correção…. Parabéns pela postagem…. foi a melhor de todas!!!!

  • Lucas Lira Oliveira

    Encontrei o blog há uns meses atrás por acaso, gostei bastante desde o primeiro momento e até já vi uns vídeos seus no YouTube (acho que dois! rsrs, inclusive o do Enedin, muito bom!) li sua história e achei bastante motivadora também, me identifiquei bastante com esse atual artigo, agradeço e a parabenizo por esse espaço, sigo na luta pelo INSS, com Jesus no barco eu chego lá! Abraço, até mais!

    • Massa, Lucas!
      Obrigada ;)
      E o Canal do Youtube vai ganhar novos vídeos semanalmente, agora! #Esq crescendo :)

      • Lucas Lira Oliveira

        Ok Carol, bom saber! Vou acompanhar lá também!

  • Obrigada, Renata! VQV!
    O erro #11 é basicamente falta de ação ;)
    Abraços!

  • Obrigada, Edielton ;)

  • Elizabeth

    Olá Carol, caiu como uma luva este post. chega de desculpas e hora de Focar. Conheci seu blog ontem, rsrsrs e confesso que me motivou muito. Parabéns!!! Tenho certeza que este projeto o Blog não será em vão e muitas pessoas iram obter sucesso, como eu, através de suas dicas. Carol, deus abençoe muito sua vida e que Deus continue lhe dando sabedoria. Vamos a luta e sem sair da fila.

  • Mônica

    Carol, boa tarde querida,
    Muito FERA, só isso, de mais mesmo, parabéns!

  • Gilvanete Azevedo

    Carol, com sua ajuda já mudei algumas posturas e “fugi do mundo das ideias e dos sonhos” e retornei à Terra para exercitar e efetivar boa parte de suas “pedras de toque”.. O Esquemaria e o Hiper-Treino são as minhas páginas mais visitadas ao longo do dia… #partiuAprovação!!! :-)

    • Que ótimo, Gilvanete!
      Fico muito feliz por ler sua mensagem ;)
      São dois projetos pelos quais sou encantada!
      Abraços!

  • Márcio Muniz

    Boa Carol! Percebi que estou cometendo alguns erros citados, porém vou corrigi-los imediatamente. Parabéns pelo post!!! Eu leio todos, são ótimos! : )

  • A ideia é ajudar a identificar os erros e alterá-los por acertos, Cátia :)
    Obrigada pela mensagem!

  • Obrigada, Lorena ;)
    É sempre bom rever velhos conhecidos, por aqui! Espero, em breve, poder te ver como aprovada :}
    Abraços!

    • Lorena

      Obrigada pela palavra de esperança, Carol!
      :)
      Abraços!

  • Nínive C.

    Excelente post! Percebi que preciso mudar rsrs

  • Obrigada, Natália :)

  • Viviane da Silva Gomes

    Olá, Carol Parabéns pelo super conteúdo! Identifiquei-me quase que totalmente com os pontos abordados! rs Isso é ruim por um lado, mas bom por outro. Agora que sei dos erros, posso corrigi-lo. Rumo as mudanças! Obrigada, Carol. Você é iluminada! :) Abraços!

  • Viviane da Silva Gomes

    Olá, Carol! Parabéns pelo super conteúdo! Identifiquei-me quase que totalmente com os pontos abordados! rs Isso é ruim por um lado, mas bom por outro. Agora que sei dos erros, posso corrigi-los. Rumo as mudanças! Obrigada, Carol. Você é iluminada! :) Abraços!

    • Fico muito feliz, Viviane! Tenho recebido comentários parecidos com o seu: as pessoas identificam os erros e se dispõem a melhorá-los :)

  • djane bezerra parente

    Carol, bom dia! Vou te contar uma história, a minha: ontem a noite estava orando e pedindo a Deus q me desse uma luz, que me conduzisse ao caminho certo pq já estou esgotada e sem forças pra continuar! Orei com muita fé! Já faz algum tempo q estudo e até hj não obtive aprovação, aliás, já fui aprovada 2 x, mas fora das vagas e sem chances de ser chamada. Estou em uma situação de total descrédito comigo mesma (desculpe o desabafo)! Mas, eis q acabo de ligar o computador e abri minha caixa de email e vejo o link com essa postagem sua. Não tenho como não acreditar que não foi Deus quem me iluminou e direcionou! OBRIGADA MESMO! Eu cometo pelo menos 80% desses erros, tá na hora de refazer tudo, repensar e seguir em frente! Deus te ilumine e proteja! Seu post me “salvou”! Beijo no coração! :)

    • Obrigada, Djane! :)
      Mensagens como a sua são a razão de eu fazer o que faço. Fico muito feliz!
      Abraços.

  • Sem dúvidas, Neto ;)

  • Uau!
    Que comentário bacana, Geverson :D
    Quando eu acho um jeito de fazer uma referência nerd, dou pulinhos aqui em minha cadeira hehe.
    Vou mesclar posts, agora, entre posts grandes e pequenos, e vai haver pelo menos um por semana. É algo que eu sempre quis fazer, e consegui me organizar para isso.
    Agradeço ao universo por poder ver comentários bacanas como o seu no #Esq :)

  • Oi, Fernando! Obrigada ;)
    Sim, sem dúvidas se encaixaria :D
    Pode aplicar a tática sem medo.
    Abraços!

  • Oi, Julieta!
    :)
    Obrigada!
    Bem, se for aquela forma de tópicos, vá pelos parágrafos sem introdução e conclusão. Se for só com o tema, sem tópicos, opte pela introdução e conclusão. A priori, é isso, mas é bom, nesse caso, procurar um especialista, algum cursinho de discursiva (se o cursinho for em PDF, melhor ainda).

    • Julieta Sampaio

      Nossa obrigada pela resposta eu coloquei o tema da PF prova aplicada em 2014 essa é a forma de tópicos que vc se refere ?? Eu já estudei em alguns cursos de Redação do Alfa e do Estratégia era curso básico é que eu fiquei com essa dúvida é primeira vez que comento aqui bom eu acho que vc é a melhor em discursiva aquele material que vc postou é 100% show dá para aprender direitinho é que eu andei vendo umas provas do Cespe de 2014 e vi que a banca está mudando a forma de pedir a Redação só que na Prova da PF no edital o tema era atualidades e mesmo assim a banca cobrou diferente do padrão ai eu fiquei assustada pois eu vi um aulão para o Depen e professor estava fazendo terrorismo com a matéria de Redação kkk pelo que entendi as discursivas são mais quando a banca cobra conhecimentos específicos igual ao que vc diz no seu post ai vejo o Cespe colocar 80 pontos na Redação imagina que tipo dissertação essa banca vai querer né é bom ficar preparado para entender que tipo de dissertação ela cobrará em Atualidades finalizando felicidades e saúde para vc tudo de bom Carol.

  • Que gracinha, Andrea! :)
    Obrigada pelo comentário super positivo!
    Abraços :D

  • Obrigada, Rodrigo :)
    Continue na trilha :D

  • Obrigada, Márcia ;)
    O erro 15 está sendo bem comum, aqui, pelo que vejo ahaha! Que bom que o coloquei :)
    Abraços!

  • Cidinha de Souza

    Diversos erros que eu já cometi rss
    o que conforta é reconhecê-lo e correr atrás do prejuízo para corrigi-los.
    obrigada, Carol <3

  • Ótima estratégia, Alessandro!
    Português é matéria para aprender a base profundamente, que depois fica fácil.

  • Obrigada, Renata :D
    É preciso agir, mesmo! :)
    Abraços.

  • Obrigada, Carlos :)

  • Obrigada, Nataly hehe
    Previdenciário é legal! Eu gosto!
    O Canal do Youtube tá um bebezinho, ainda, mas eu tbm acho massa.
    Abraços!

  • Oi, Lorena!
    Pois é, e agora eu vou postar toda semana hehehe.
    Esse foi um post sobre reflexão, realmente…
    Um abração! Keep holding on.
    Carol.

  • Oi, Tai! É desse jeito.
    Bem, nessas situações, eu parava de estudar, lia alguns depoimentos de pessoas que passaram em outros concursos, via um filme… mas nunca deixava de voltar aos livros.
    Abraços!

  • Exatamente, Wagner!
    ;)
    Obrigada pelo comentário!

  • Eu que tenho a agradecer, Gabriela!
    Valeu!

    :)
    Abraços!

  • Gerson

    É… alguns pontos foram certeiros kkkkk
    “Existe gente estudando para este concurso há muito mais tempo.”
    “Esse concurso é de gente grande – deixe eu começar por baixo, que é melhor.”
    “Eu vou estudar para esse concurso quando passar em um outro menorzinho.”

    mais este: “Vou deixar para estudar as matérias deste cargo quando estiver com o meu diploma (nv. superior) em mãos”

    Obrigado pelo momento de reflexão e inspirAÇÃO, Carol.
    Tudo de bom! Um abraço

  • Antonio José

    Muito obrigado pelo excelente texto querida Carol. Vamos em frente ;)

  • Mara

    Carolzinha, ao ler esse texto seu, eu só me arrependi ainda mais de ter perdido a ultima oportunidade para o Hiper-Treino… Chatyada… =(
    Não há qualquer possibilidade de se abrir uma nova oportunidade até o edital ou pós edital?!… =S

    • Oi, Mara! Não pense nisso! Continue estudando, independente de qualquer coisa. O próprio concurso do TCU é uma oportunidade ;)
      Realmente não abriremos novas vagas…
      Mas, ainda assim, continue visitando o #Esq! Sempre haverá novidades :)
      Abraços!

  • Obrigada, Sóstenes! E eu espero ajudar ;)

  • Andreia Bizerra

    Parabéns pelas postagens…penso que preciso fazer da vontade uma ação como bem colocado por você. Sucesso, Carol e saiba que sua preocupação em ajudar outros a passar tem dado muito resultado.

  • Daniel Moreira Concursando

    muito bom Carol… sempre dando um show de dicas…

  • Obrigada, Beatriz :)
    Não se preocupe sobre o Hipertreino. Mesmo assim é possível se organizar e passar nesse concurso pegando dicas leves de qualidade de estudos.
    Um abraço!

  • Oi, Bárbara!
    Eu mesma não vou fazer nada relacionado à Câmara, mas sei de um professor que fez algo nesse sentido: o Fernando Mesquita! ;)
    Abraços!

  • Obrigada, Isa! E obrigada por compartilhar com seus amigos ;)

  • lucelia

    Carol irei prestar o concurso para trt 3 qual estratégia que vc pode me passar para revisar. O conteúdo já foi estudado e revisado quase tudo, mas gostaria de algo mais eficaz.

  • hheheheh… é um erro relativamente fácil de ser corrigido!
    Ah! Obrigada pela mensagem ;)

  • Faça uma revisão do tipo E/D! Selecione as questões que você errou ou considerou difíceis para voltar posteriormente.

    :)

  • Obrigada, Marcelo! Tenha uma vida fantástica, também! :)

  • Obrigada, Tiago ;)
    Continue com os 3F, e acrescente um A, de ação! ;)
    Abraços!

  • Oi, Gisele ;)
    Parabéns por sua primeira aprovação! :D
    Hahah obrigada pela citação. Em uma propaganda da Apple de 1997, havia uma frase que dizia o seguinte: “você pode citar os gênios, mas você não pode ignorá-los”. https://www.youtube.com/watch?v=PTa1VwQAB8g
    Quanto aos grupos no Facebook, eu gosto do Vá Mais Longe. Não tem muita relação com concursos públicos, mas é cheio de boas ideias.

    • Gisele

      Grata Carol!! Sinta-se num abraço apertado!

  • Celma Cristina

    Obrigada por compartilhar, to gostando do blog ta me ajudando bastante.

  • Arlei Nonato

    Gostei muito, estava fazendo alguns erros mas com essas dica vou realmente corrigir esses erros, muito obrigado mesmo!!!!

  • ALTAIR MARTINS

    Carol,
    simples e incrível seu trabalho.. Você deve ser da mesma Galaxia que eu.. :-) Nota 1000 pra vc. espero está no TCU, logo logo.

  • Valeu, Adriana :)

  • Patrícia Abreu

    Carol “descobri” hoje seu site e estou adorando seus artigos. Parabéns e muitíssimo obrigada!!!

  • Obrigada, Luís!

    Para quem iniciou agora, indico este post: http://esquemaria.com.br/como-estudar-para-concursos-publicos/

    :)

    Abraços!

  • Obrigada, Almir!
    Todo crescimento é acompanhado de dor! Se você não está sentindo dor ou sofrimento é porque você está vivendo por viver.
    Bons estudos!

  • Katiene

    Amei seu site. Me identifiquei em muitasssss situação. #partiuparacorreção rsrs. Obrigada por compartilhar suas experiências. Bjos

  • Obrigada, Desi! Que bom ;)
    Vá com tudo!

  • Na verdade, para você ir contra a síndrome do Pokémon Shiny, o ideal é focar :)
    Cara, já me perguntaram isso essa semana, e veja o que eu respondi:
    “Quanto à sua pergunta, você mesmo deve se decidir: vale a pena ganhar R$ 18k/mês + 2 férias por ano? Essa opção te parece melhor do que qualquer outra?”
    :)
    Eu mesma (Carol) decidi por não querer auditoria. Decidi que iria empreender, no lugar disso, e essa decisão me fez uma pessoa super feliz e realizada.
    No seu caso, você deve se perguntar isso: “vale a pena ganhar R$ 18k/mês + 2 férias por ano? Essa opção me parece melhor do que qualquer outra?”.
    Se sim: mande brasa :D

    • Geverson Brito

      Obrigado pela resposta! ;)

  • Obrigada, Mel! :)
    hehehe…
    Quem sabe pessoas entrando com nossa mentalidade não fazem do serviço público um lugar melhor?
    Abraços!

  • Perfeito, Gerfson! Obrigada ;)

  • Queila, obrigada! Se puder, compartilhe o site com seus amigos! Heheh… abraços!

  • Gerfson, obrigada pela mensagem! ;]

  • Olá, San! Fico muito feliz em ler sua mensagem! Continue no ritmo! ;)
    Carol.

  • Que bom que você gostou, Fabio! Bons estudos :)

  • Obrigada pela mensagem, Patryck! :)

  • Olá, Dayana! Muito obrigada pela mensagem, bons estudos! Abraços :)

  • Fernanda Sampaio

    Carol, amei as dicas!! P mim a dica de deixar de querer ser perfeito me atingiu em cheio! Realmente, demoro muito em algumas questões por não querer deixar passar nenhuma questão e no final não sobra tempo p fazer nem as que eu faria rapidamente e acertaria…vou parar com isso e vou me esforçar para ser mais objetiva!

    • Olá, Fernanda! Fico feliz em ler sua mensagem! Bons estudos! :]

  • Daniel Almeida

    Oi Carol, acompanho o Esquemaria a pouco tempo e ja aprendi muita coisa. a Tatica dos feras, por exemplo, é uma delas e se encaixou como uma luva no meu estudo. esse artigo aí também veio em boa hora, as vezes nós concurseiros precisamos ouvir (ou ler, rsrs) essas coisas. ParabÉns e continue ajudando aos que realmente querem mudar de vida. grande abraço.

    • Olá, Daniel! Que bom que você gostou, fico feliz em ajudar! Bons estudos :)

  • Por nada! :)

  • Gillys

    Tenho acompanhado o seu site e tenho gostado muito. Parabéns pela iniciativa. :)

  • Que bom que ajudei, Paula ;)

  • Oi, Concurseira Capixaba!
    Existe uma frase (de Alice no País das Maravilhas) que diz o seguinte: “Se você não saba para onde ir, qualquer caminho serve”.
    Quando você foca, quando você tem um objetivo, você passa a cumprir metas muito mais claramente. Pense bem e foque! :)

  • Olá, Renata!

    Muito obrigada pela mensagem!

    Bons estudos :)

  • Olá, Renata!

    Obrigada pela mensagem!

    Bons estudos! :)

  • Olá, Josi!

    Obrigada pela mensagem! :)

    Abraços,
    Carol.

  • Olá, Walter! Muito obrigada pela mensagem! Abraços! :)

  • Muito obrigada, Karol :)

  • BRUNO ALVES

    Realmente suas dicas e macetes e observações são ótimos, pelo que percebi pelos comentários, que o que faz a diferença não é o método enfadonho de 24 horas de estudo e sim estudar com descanso em equilíbrio junto com rotatividades de materias

    • Olá, Bruno! Obrigada pela mensagem, bons estudos! Abraços :)

  • Renato

    Agradeço as informações. Muito obrigado. Abs e boa sorte

  • Paulo Ricardo

    Só verdades Carol! Gostei bastante da sua personalidade, show de bola!

  • Fico muito feliz em ler sua mensagem! Obrigada!

  • Por nada! :)

  • Marcelo Gouvêa

    Artigo incrível.
    É surpreendente como as pessoas acabam se equivocando com certas atitudes e nem percebem que pode ser prejudicial.
    Realmente, como diz na #14, não adianta tentar a sorte em concurso público. O importante mesmo é se preparar.

    Parabéns por um trabalho com tanta qualidade.

  • Hélio

    As vezes eu cedo a síndrome do encolhimento.Quero fazer um concurso para o cargo de analista do mdic e acho que não é possível, que não vou saber fazer a discursiva, comprei o material para estudar, os pdfs e questoes comentadas, mas fico pensando, achando que não vou saber escrever o conteúdo da discursiva, não sei o que ler para fazer uma boa redação na esaf, e questoes discursiva, qual a estrutura, tenho que responder todos os tópicos? que o tempo é curto para o nível das questões objetivas.Isso me perturba, porque sou muito dedicado, estudo por ciclos, faço mapas, tenho sistema de revisões, utilizo técnicas de estudo, faço simulados.tenho algumas reprovações em concursos de nível médio, já corrigi muita coisa.como devo estudar para as discursivas da esaf? pelo material em pdf ou buscar livros?
    Carol o que você me disse já lhe agradeço !

    • Oi, Hélio :)
      Material em PDF é melhor, nesse caso.
      Abraços ;)

  • Iangharan Viana

    Olá Carol! Bom sua dicas são ótimas ,apesar de você ter um rosto muito jovem,você sabe muito,conhece bastante pelo artigo dos 15 erros, curti muito suas dicas ,estou na luta para passar no primeiro concurso,entrei nesse mundo de ser “concurseiro” só sei que entrei quis desistir lendo seu artigo refleti sobre todo o processo que aconteceu e acontece comigo e vi que seus fundamentos equivalem bastante para aprovação bom dos 15 erros (essa era minha dúvida) já que lendo os 15 erros não cometendo os erros estou no caminho certo? Bom dos 15 erros listados a maioria não cometo,quem sabe saí essa aprovação. Valeu Carol! Você é inteligente,adorei seu canal de comunicação com esse universo de concurseiro, obrigado pelas dicas, se passar com certeza irei compartilhar com você e quem sabe também contribuir contigo. Até…

  • Leonardo Vaz

    Carol! Que bom conhecer sei site agora… estou mega feliz com suas publicações!! Parabéns pela ótima ATITUDE!!

  • engraçado com me vejo em muito desses itens.

  • Que bom que gostou, Calebe! :)
    O primeiro passo é entrar em ação ;)

  • Alessandra Asato

    Me identifiquei com vários erros e espero conseguir acabar com eles hehe

    Descobri o esquemaria hoje e tô devorando tudo!
    Tô adorando as referências nerds, me faz me sentir menos perdida nesse mundo dos concursos (porque na minha cabeça, concurso é coisa de gente “séria” e eu sou nerdona, minha mãe me chama de criança por gostar dessas coisas hahaha)

    Obrigada pelos posts, são ótimos pra aumentar a motivação x)

    • Huahuauhahua! Tem de tudo! Minha mãe fala que eu sou maluquinha, por causa dessas coisas, mas que está tudo bem :D
      Bem-vinda, Ale!

  • Obrigada pela mensagem, Kelly! Boa aprendizagem para você!

  • Incrível seu comentário, Natália. Às vezes nós esquecemos que nascemos com as mesmas capacidades das outras pessoas… e focamos só nos problemas… focar em permanecer em ação (com MEDO mesmo) é mais poderoso.

  • Que massa, Jeahn! :)
    Reflita e aplique ;)

  • Oi, Nayan!
    Pode sim, sem problemas. Desde que você entenda que momento de estudos é momento DE ESTUDOS. Nessas horas, você deve se desconectar de TODO o restante! ;)

  • Awwwwnt :)
    <3

  • Eu que agradeço a visita aqui no blog. =D
    É ótimo ver que você tirou valor do artigo.
    Abraços! ;)

  • Que ótimo que você conseguiu tirar valor dos artigos do Esquemaria. =D Sempre que puder, aplique as dicas em sua rotina. Isso fará uma grande diferença nos seus estudos. ;)

    Abraços!