[Vídeo] Reduza pela metade seu tempo vendo videoaulas (sem perder um segundo de conteúdo)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

Flexibilidade. Mais concentração. Maior poder de escolha.

Essas são algumas das vantagens que as videoaulas podem trazer para qualquer estudante de concurso público (ou qualquer estudante QUE EXISTE).

Por essa razão, a tendência dos aprovados em concursos públicos é procurar usar essa ferramenta de videoaula da melhor maneira possível. E, hoje, eu vou te ensinar, em poucos passos, como assistir a videoaulas de modo que sejam mais rápidas e de modo que você aprenda melhor.

Como assim, Carol?

Imagine assistir a uma videoaula de 1h em apenas 30 minutos. Ou assistir a uma videoaula de 30 minutos em 15 minutos. É isso o que vou te ensinar, neste post.

reduzir-Tempo-Video-Aulas-Agora

Você tem duas opções: 1. assistir ao vídeo abaixo ou 2. ler o que está abaixo do vídeo. Gosto de colocar esta opção quando acrescento vídeo a um artigo porque nem todo mundo gosta de ver o vídeo quando se pode ler sobre ele em menos tempo ;)

Logo abaixo, há uma explicação escrita sobre o que foi dito no vídeo (se você preferir assim!). Vamos lá?

Reduzir as vídeoaulas ou ler as aulas em PDF? Eis a questão.

Videoaulas são ótimas ferramentas para quem estuda online, para concursos públicos. Em comparação com cursinhos presenciais, elas não perdem em nada, até porque muitos dos sites que disponibilizam ou vendem videoaulas têm serviços para tirar dúvidas com os próprios professores.

Aliás, as videoaulas ganham DE LONGE dos cursinhos presenciais. Elas podem ser vistas repetidamente, indo e voltando, sempre que você quiser. Você pode pausar, pular, muitas vezes até tirar dúvidas ao vivo.

Existe, contudo, uma desvantagem de assistir a videoaulas, quando elas são comparadas às aulas em PDF: é mais rápido ler o assunto em PDF do que o ver uma videoaula. Este post é um bom exemplo disso e, sobre isso, não há muito a ser debatido.

Porém, existe uma vantagem das videoaulas que o material escrito ainda não conseguiu bater: didática. Na videoaula, você usa melhor o sentido da visão e acrescenta o da audição. Dessa forma, fica mais fácil de entender algo novo.

Aprender conteúdo novo??? Vídeo-aulas são a melhor forma! :)
Aprender conteúdo novo??? Videoaulas são a melhor forma! :)

Muitos alunos preferem ouvir e ver os vídeos, enquanto outros gostam mais dos textos em PDF. Eu, particularmente, sou do segundo tipo (que gosta mais de PDFs), mas não posso negar a força de uma videoaula quando o assunto a ser aprendido é novo e complicado. As aulas em vídeo são extremamente didáticas, e ouvir a entonação da voz do professor faz toda a diferença, no final das contas.

Quando sinto a necessidade de assistir a alguma videoaula, uso uma estratégia de estudos bem interessante, para diminuir o tempo do vídeo. Antes de saber essa estratégia, quero te explicar por que razão você deve considerar colocar as videoaulas em seus estudos, e, também, vou explicar qual é a melhor maneira de incluí-las.

Estamos combinados? Então vamos lá!

[Infográfico] 5 vantagens de assistir a videoaulas mais rapidamente

No gráfico abaixo, eu apresento as vantagens de se assistir às videoaulas mais rapidamente. Na realidade, é mais uma compilação de por que você deve começar HOJE a ver videoaulas em um menor tempo, já que elas são mais didáticas e a essência delas é mais rápida do que as aulas presenciais:

infografico-Video-Aulas

Videoaulas: é possível diminuir o tempo delas até pela metade

Não é nenhuma mágica o que vou dizer aqui. É pura técnica.

O método consiste, basicamente, em você aumentar a velocidade de seu vídeo. Ao invés de assistir na velocidade normal, você verá até 2x mais rápido.

“Como assim?”

É simples: se seu vídeo tem 2h, você poderá assisti-lo em 1h. Basta aumentar a velocidade dele!

Talvez você tenha um pouco de dificuldade de entender o que o professor está falando, nos primeiros 2 minutos. Em alguns casos, o professor fala tão lentamente que você vai querer passar de 2x a velocidade. Em outros casos, o professor fala rápido demais – daí, você só acelera até 1,5x mais rápido.

Com o tempo, seu cérebro se acostumará com os vídeos mais rápidos de tal forma que, quando assistir a algum com velocidade normal, achará que a pessoa está falando muito lentamente.

Como eu posso adequar meu cérebro a isso?

Imagine a seguinte situação: quando você começou a andar, era super difícil (você não se lembra, mas era!). Quando alguém começa a aprender a dirigir, fazer um simples controle de embreagem ou trocar a marcha são coisas impossíveis.

Impossíveis até serem feitas.

É claro que, inicialmente, você vai estranhar. Algumas palavras você não conseguirá pegar no ar.

Eu me lembro bem de quando surgia algum professor, no cursinho, que falava um pouco mais rápido e algumas pessoas não conseguiam acompanhar. Isso acontecia porque elas não se treinavam para uma velocidade maior de aprendizagem e raciocínio.

Por isso, para adequar seu cérebro às videoaulas 2X mais rápidas, veja todos os vídeos de aprendizagem usando a técnica. Preste atenção, tente pegar todas as palavras.

No início, nem sempre você vai conseguir, mas com um pouco mais de prática você verá que é possível entender tudo – e, depois, todos os vídeos a que você assistir com velocidade normal vão parecer muito lentos. Massa, né?

Como fazer isso na prática? Como aplicar aos principais meios?

Aprenda a diminuir tempo vendo vídeo-aulas.

Agora que você sabe O QUE eu vou fazer, vou te ensinar COMO fazer.

Geralmente, os canais para assistir a videoaulas pela internet são: Youtube , Vimeo, vídeos embutidos em áreas de membros ou vídeos baixados da internet. Então, vou te ensinar a aumentar a velocidade dos vídeos por estes dois meios.

Primeiramente, vou te mostrar como fazer isso no Youtube.

1º passo: baixe o Google Chrome

O Google Chrome é um navegador de internet, cujos principais concorrentes são o Internet Explorer e o Mozzila Firefox.

Se você pretende continuar estudando usando a internet, eu sugiro que você use SEMPRE este navegador, que, de longe, é o melhor em termos de organização. Sem contar que o Google Chrome trabalha muito mais rápido com as pesquisas no Google, com o Gmail e todos os outros fantásticos serviços da Google que podem ser usados a todo momento para os estudos.

Parece até propaganda barata, mas não é. O uso de um navegador bom para seus estudos também é estratégia de estudos.

Para baixar o Google Chrome, clique aqui.

De toda maneira, para você ir para o passo nº 2, você deve baixar o Google Chrome, pois a ferramenta que eu vou te entregar só funciona com ele. Beleza?

2º passo: baixe a extensão que faz todo o trabalho de aumentar a velocidade

A extensão que vai te permitir controlar a velocidade de seu vídeo é a Video Speed Controller.

Ela vai acrescentar este controle a todos os vídeos que você visualizar pelo Google Chrome (sem exceção):

Exemplo do controle no vídeo: tempo normal
Exemplo do controle no vídeo: tempo normal
Agora o exemplo do controle com o tempo 2x mais rápido!
Agora o exemplo do controle com o tempo 2x mais rápido!

Para baixar a extensão Video Speed Controller, clique aqui.

3º passo: reinicie seu computador

Nem sempre você vai baixar o Video Speed Controller e ele vai começar a funcionar automaticamente em seus vídeos. Por isso, para ter certeza de que está tudo instaladinho, reinicie seu computador e, logo a seguir, vá ver um vídeo para testar se está tudo funcionando corretamente.

E se for um vídeo baixado para o meu computador?

VLC: o player do "cone" te permite ver videaulas baixadas 2x mais rápido
VLC: o player do “cone” te permite ver videaulas baixadas 2x mais rápido

Muita gente baixa os vídeos para poder assisti-los offline (fora da internet). Nesse caso, você tem a opção de baixar o player VLC. Ele também te permite aumentar a velocidade do vídeo.

Como fazer isso no VLC?

  1. Baixe o VLC em: VLC: www.videolan.org/vlc/
  2. Após baixar o programa, abra seu vídeo no VLC
  3. Dê o play
  4. No menu acima do vídeo, escolha “playback” e, em playback speed, aumente a velocidade (vá para o lado de faster).

Desse modo, você terá a opção de aumentar a velocidade dos vídeos baixados, também.

Qual escolher: velocidade de 1,5x ou 2x mais rápido?

Como escolher a velocidade

Isso depende do professor. Alguns costumam falar mais rápido. Outros falam pausadamente. Como, então, saber qual velocidade usar?

É simples. Teste, por alguns segundos, como o professor se sai na velocidade de 2x mais rápido. Se você achar que não dá para entender, então diminua a velocidade para 1,5x mais rápido. Com 1,5x, é possível entender tudo o que o professor fala.

Qual é a melhor maneira de se aproveitarem as videoaulas?

Vamos dizer que você me pergunte o seguinte: “Carol, qual é o melhor meio para se estudar pela internet: com videoaulas, e-Books ou PDFs?”.

Na realidade, um erro que eu cometia (no início dos meus estudos) era colocar uma regra fixa para isso. E o que eu aprendi depois poderia ter me economizado muito tempo…

Para que você não entre na mesma cilada, vou te dar uma fórmula bacana.

Molejo: ensinando a passar em concursos desde 1993
Molejo: ensinando a passar em concursos desde 1993

Primeira parte da fórmula: como NÃO fazer

Aqui está uma lista de coisas que você não deve fazer ao escolher os meios pelos quais você estuda:

  1. Você não pode escolher um só meio. “Só videoaula”, “só aula presencial”, “só um cursinho”, “só um site” devem ser expressões a serem retiradas do seu dia-a-dia.
  2. Você não deve escolher baseado apenas no que a propaganda do site ou do cursinho presencial diz. “Nós somos os melhores, porque, afinal de contas, nós somos os melhores!”. Isso. Não. Faz. Sentido.
  3. Você não deve procurar conteúdo não relacionado a concursos públicos. “Bechara é tão bom…” É. PENA QUE É FEITO PARA PROFESSORES DE UNIVERSIDADES, E NÃO PARA CONCURSEIROS.

Segunda parte da fórmula: o que fazer

Aqui está uma lista de coisas que você deve fazer (para evitar todas aquelas que acabei de falar para você NÃO fazer):

mestre-Yoda

  1. Diversifique. Aproveite que a internet te deixa definir seus horários (e não são aquelas horríveis grades fechadas dos cursinhos) e monte seu próprio leque de material.
  2. Pesquise. Como você é o dono do seu “leque de material”, você pode escolher professor por professor (daí, vai evitar aqueles malas que sempre vêm em pacotes de bons professores). Para pesquisar, leia entrevistas de pessoas aprovadas. Veja que livros elas usaram. Que professores elas curtiram.
  3. Sempre use conteúdos MUITO – EXTREMAMENTE – EXORBITANTEMENTE – didáticos. De preferência voltados para concurseiros. Atenção: existem boas opções não voltadas para concurseiros (podcasts do Jovem Nerd, por exemplo), mas essas são as raras exceções.

Estou me perguntando o quê você vai fazer primeiro

  • passar a estudar por videoaulas, devido às suas várias vantagens;
  • baixar a extensão para o Google Chrome e passar a ver as aulas 2x mais rápido; ou
  • parar de bater na velha tecla do conteúdo único e do cursinho presencial…

Agora diz para mim…

O que achou da técnica? Conseguiu aplicá-la ou sentiu alguma dificuldade? Use os comentários, tire suas dúvidas ou sugira algo novo.

Bons estudos, boa sorte, boa vida,

Carol.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×