Como passar em concursos públicos

Esqueça a imagem da pessoa que só lê, esqueça o decoreba,

esqueça as táticas aleatórias…

 

Economize (muito) tempo e dinheiro estudando da maneira correta.

 

Um convite para estudar da maneira correta.

Curso Concurso para Novatos.

E se você pudesse COMEÇAR e TERMINAR todos os dias de estudos com mais confiança, mais foco, mais motivação e mais otimista?

E se você pudesse parar de se preocupar com tudo o que dá errado… e começasse a fazer com que as coisas se acertassem?

E se você pudesse parar de REAGIR a o que os outros querem para você… e passasse a construir a vida que você realmente quer? 

Olá, eu sou a Carol Alvarenga, servidora pública no TCU, fundadora do Esquemaria, pós graduada em gestão pública e especialista em aprendizagem.

Vem comigo.

Assim como você, eu também fui iniciante como estudante para concursos públicos. Eu não sabia como estudar para concursos. Hoje, depois de passar dentro do número de classificados em 5 órgãos públicos diferentes e tomar posse no TCU, é possível pensar que eu sou diferente, que eu “já nasci pra isso!” ou que eu passei porque sou “cabeção”.

Então, conheça um pouco de minha história:

  • na 5ª série, tirei minha primeira nota muito baixa: 3,5 em uma prova de história que valia 10 pontos;
  • na 8ª série, fiquei de recuperação pela primeira vez, no final do ano, em ciências;
  • no 1º ano do ensino médio, cheguei a ter o status de reprovada, até que consegui provar que alguns pontos de algumas matérias estavam lançados incorretamente… no final das contas, só passei depois da recuperação em biologia e artes;
  • no 2º ano do ensino médio, fiquei de recuperação em alguma matéria da qual nem mesmo consigo me lembrar (isso já estava ficando comum);
  • no 3º  ano do ensino médio, passei direto, mas minha maior nota nas médias dos bimestres foi 6,5;
  • todo o meu ensino médio foi feito em TRÊS escolas diferentes, e todas elas eram escolas públicas;
  • fiz faculdade de publicidade e propaganda, e não aprendi nada sobre NENHUMA matéria de concursos durante a faculdade.

“Em relação aos concursos públicos eu já fui como a maioria. Tão iniciante que não sabia nem que existia Cespe ou o que seria uma banca.”

 

Estudei por mais de 6 meses sem estratégia e sem orientação.

Meu primeiro contato com o mundo dos concursos foi em um cursinho preparatório. Meus pais se esforçaram e pagaram muita grana para que eu pudesse iniciar em um cursinho presencial.

Na época, eu estava na metade do curso de publicidade e propaganda (nada a ver com concursos públicos).

Não digo que era um cursinho ruim. As matérias tinham ótimos professores e outras vantagens, mas perdi tempo e dinheiro.

Por seis meses eu frequentava as aulas pela manhã, revia muito mau o conteúdo a tarde (morrendo de sono) e ia à faculdade à noite. Esta era a minha rotina. Ainda estudava aos finais de semana e feriados.

 

“Eu não tinha um foco, uma estratégia. Depois de 6 meses de estudos, minha primeira prova para concursos foi uma decepção. Parece que a banca sabia tudo que eu havia estudado e colocou tudo diferente”

Atitudes de quem estuda errado

  • Acha que tudo será resolvido apenas estudando por meio de um cursinho presencial.
  • Não tem foco. Estuda igual uma metralhadora, atirando para todos os lados.
  • Acha que tem que estudar tudo e para todos os concursos.
  • Escolheu um concurso, focou nele e agora basta estudar todo o conteúdo de todas as matérias do edital.
  • Comprou todas as apostilas das matérias em uma banca de revista, livraria ou pela internet.
  • Estuda 12 horas por dia (sem estratégia) e acha que assim está à frente de quem estuda 4 horas (com estratégia).
  • Lê o dia todo e tenta decorar tudo, em todos os livros, inclusive a Constituição.
  • Comprou todas as vídeo-aulas, de todas as matérias do seu concurso e assiste, assiste, assiste… Até dormir assistindo.
  • Leva 1 hora para chegar no cursinho presencial e mais uma hora para voltar pra casa, perdendo assim um tempo precioso de estudos. 

“Parei de estudar (somente) as matérias e separei um horário para estudar e criar uma estratégia. Foi aí que tudo começou a dar certo

Atitudes de quem estuda corretamente

  • Planeja e prepara seus estudos com técnicas usadas pelos feras (que já passaram).
  • Tem foco. Estuda com objetivo para passar na categoria de concurso desejado (militar, policial, administrativo, jurídico, saúde…).
  • Estuda o que realmente cai, eliminando tempo e economizando dinheiro.
  • Escolhe concursos com as mesmas exigências básicas , foca neles e estuda o que realmente interessa (MPU, TCU… Bombeiro Militar, Polícia Militar…).
  • Compra somente o necessário para o seu objetivo (vídeo-aulas, livros…).
  • Estuda com foco, mas tira um tempo para a vida. Contudo, no momento dos estudos, desliga do mundo lá fora.
  • Separa o que cai do que não cai e cai pra cima (engraçadinha, né?).
  • Não se importa com os concorrentes porque está fazendo o certo. É o que os feras fazem.
  • Evita cursinhos presenciais. Isso não significa estudar 100% sozinho. Há recursos para estudar sem a necessidade de  frequentar aulas presenciais.

“No curso Concursos para Novatos você vai aprender a planejar e criar hábitos de estudos. Você será capaz de estudar para qualquer concurso, com aulas curtas e direto ao ponto.

APENAS R$ 197,00 OU

12 X R$ 19,70*

Estude do mesmo jeito e com os mesmos hábitos dos feras.

Os top concurseiros não são melhores que ninguém. Eles apenas estudaram da maneira correta.

E é, baseado nesses hábitos, estratégias e dinâmicas, que eu montei o Concursos para Novatos.

Mesmo que você já estude há algum tempo, este treinamento vai te ajudar muito.

Top garantia – Se em 7 dias você perceber que o curso não serve para você, devolvemos todo o seu investimento, sem que você precise dar nenhuma explicação.

*Há diferença de valores à vista ou parcelado.