Advérbios e adjetivos → A palavra “suficientes” (no plural) existe?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

Ahhh, o maravilhoso mundo do português… dá para acreditar que a palavra “suficientes” existe assim mesmo, no plural? 😱 😱 😱

Tá, pode até ser que você já soubesse disso antes de entrar neste artigo, mas vamos ver o assunto de um modo diferente…

…e vamos descobrir QUANDO devemos escrever “suficiente” e quando devemos escrever “suficientes”!

“E qual é a importância de saber sobre esse assunto, Carol?”

É importante por um simples motivo: discursiva!

Eu já ensinei aqui no Esquemaria 4 dicas de como escrever melhor para concursos e também fiz um eBook de discursivas do Cespe. Agora, vai mais uma dica de discursiva! UEBA!

O vídeo com a explicação sobre advérbios e adjetivos no caso da palavra “suficientes” é este:

E, claro, vou mandar um resuminho do vídeo acima:

A palavra “suficientes” existe?

SIM, EXISTE!

Vamos ver como isso funciona.

Comecemos por este exemplo:

Eu vou passar se estudar MUITO.

Você não pode usar a palavra MUITO no PLURAL, nesse caso! Você não pode falar “eu vou passar se estudar MUITOS“.

Então, se, nesse mesmo exemplo, você fosse trocar a palavra MUITO pela palavra SUFICIENTE, a palavra SUFICIENTE não iria para o plural.

Por exemplo:

Eu vou passar se estudar SUFICIENTEMENTE.

Você não poderia dizer “suficientes” ou “suficientementes”.

Nesses casos, a palavra MUITO e a palavra SUFICIENTE são advérbios, e não vão nunca para o plural, assim como nenhum advérbio no MUNDO vai para o plural!

Por quê? Porque os advérbios são invariáveis! Eles não mudam em gênero nem em número.

Agora, digamos que você fale:

Eu vou estudar MUITAS horas para passar.

Nesse caso, a palavra MUITAS vai ser um adjetivo, que é variável, ao contrário do advérbio.

E como você sabe que o adjetivo é variável? Porque ele está mudando em gênero e número, quando se refere à palavra horas, no exemplo dado. A palavra horas, nesse caso, é um substantivo.

Por isso você não fala “eu vou estudar MUITO horas para passar”.

Daí você pergunta: o que significa, Carol, dizer que o adjetivo está variando em gênero e número?

Simples: variação de gênero significa fazer as devidas trocas do feminino para o masculino.

Por exemplo: a menina; o menino. “A” e “O” variaram em gênero.

Já a variação de número significa fazer as devidas trocas em quantidade.

Por exemplo: o menino; os meninos. “O” e “OS” variaram em número.

Então vamos voltar ao nosso exemplo:

Eu vou estudar MUITAS horas para passar.

Nesse caso, a palavra MUITAS varia em gênero (feminino) e número (plural).

Então aí vem o macete, a TROCA que a gente pode fazer. Você pode falar, por exemplo, “eu vou estudar horas SUFICIENTES para passar”!

A palavra SUFICIENTES, nesse caso, varia em número, porque ela se refere à palavra HORAS, logo, a palavra SUFICIENTES é um adjetivo, por isso pode ir para o plural! YAY!

 

Um abraço, bons estudos, ótima vida!

Carol :)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×
  • Obrigada, Rodrigo!
    Aqui no Esq eu uso o illustrator, que é um programa para designers. Sugiro que você faça à mão mesmo (como ensino em esquemaria.com.br/exemplos-mapas-mentais-fichas-estudos/)